Olá,

O assistente pessoal de Michael Jackson entrou com uma ação coletiva contra a AEG Live, alegando que ele e os demais funcionários ligados a turnê “This Is It Tour” perdeu muito dinheiro porque a empresa contratou  o Dr. Conrad Murray e não supervisionou sua negligência.

1113_michael-jackson_assistant_aeg_getty

Michael Amir Williams reivindicações em seu processo,  que a AEG concordou em pagar para equipe pessoal de MJ até US $ 7,5 milhões para os serviços relacionados a turnê… Uma turnê que não aconteceu porque o Dr. Conrad Murray administrou no cantor uma dose fatal de Propofol.

Williams alega que a AEG não agiu com responsabilidade pela contratação de Murray e depois não gerenciou adequadamente e/ou nem o vigiou.

Williams está pedindo indenização não especificada.

Não consigo ver lógica nesta ação, pois pedir indenização de uma turnê que não aconteceu, ninguém viajou, ninguém gastou valores com hospedagens e  nem transporte…

Bom, tenho quase certeza que o Michael Amir já perdeu!!!

Lyllyan

Fonte: TMZ