Posts Tagged ‘ Saúde ’

Pará registra mais uma morte por suspeita de raiva humana


Olá,

A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) confirma que uma criança internada com suspeita de raiva humana morreu na terça-feira, 15, no Hospital Regional de Breves. De acordo com a pasta, já são 12 casos notificados para a doença, com seis óbitos, sendo um deles já confirmado.

Atualmente são 12 casos notificados, com seis óbitos.

Outra criança morreu na sexta-feira, 11/05/18, após ser mordida por um morcego e contaminada por raiva, em uma comunidade em Melgaço, no Marajó, no Pará.

Continue lendo

Anúncios

O ebola está de volta — por que ainda não temos uma cura para ele?


Olá,

O ebola mais uma vez ressurgiu. Na sexta-feira (11), a Organização Mundial da Saúde informou que houve pelo menos 34 casos suspeitos da doença viral e 18 mortes desde o início de abril no distrito de Bikoro, na República Democrática do Congo. Mas o ressurgimento do Ebola, dificilmente inesperado, não pode deixar de trazer uma pergunta à mente: por que não encontramos uma maneira garantida de curar ou prevenir isso ainda?

A resposta curta é que, na maior parte da existência conhecida do ebola, governos e empresas farmacêuticas não alocavam o tipo de recursos necessários para descobrir e desenvolver tratamentos, tanto por razões práticas quanto econômicas. Mas, após o grande surto de ebola em 2014, essa tendência está mudando.

Continue lendo

Cuidados ao tomar ibuprofeno


Olá,

Pessoas com dor no corpo, febre e até cólicas costumam aderir ao ibuprofeno, já que é anti-inflamatório e é capaz de aliviar todos esses sintomas em pouco tempo. Mas é preciso tomar muito cuidado, pois o medicamento pode trazer complicações sérias e problemas futuros de saúde.

Shutterstock

“Este medicamento pode aumentar a chance de ataque cardíaco, derrame e pressão alta. Isso tem sido visto com uso a longo prazo ou em momentos de urgência, como por exemplo, após a cirurgia cardíaca”, diz Bárbara Murayama, ginecologista e obstetra.

Continue lendo

Sentir frio o tempo todo pode ser indicativo de 4 problemas na saúde


Olá,

Se mesmo nos dias mais quentes, longe do ar condicionado, você percebe que está sempre com frio, sentindo arrepios e com necessidade de vestir uma blusa, saiba que a sensação pode sinalizar algum problema de saúde que merece ser investigado. Fique atento e consulte um médico.

Sentir frio pode indicar problemas de saúde

Sentir frio o tempo todo pode ser indicativo de 4 problemas na saúde

© haru_natsu_kobo/shutterstock Sentir frio o tempo todo pode ser indicativo de 4 problemas na saúde.

Continue lendo

Alerta: Yaz, Yasmin e Elani são mais perigosos que outros anticoncepcionais


Olá,

Os possíveis riscos das pílulas anticoncepcionais tem sido muito discutidos nos últimos dias nas redes sociais, com o surgimento de cada vez mais casos de trombose em usuárias de métodos contraceptivos hormonais. Mas já em 2012, a FDA, um órgão americano similar à Anvisa, divulgou um comunicado exigindo que os riscos de trombose ligados ao consumo de um dos componentes comuns de pílulas como Yaz, Yasmin e Elani Cicloo drospirenone – fossem destacados em sua bula.

Foto: Reprodução

Além das pílulas citadas, genéricos com a mesma fórmula também podem aumentar as chances de trombose ou de outros problemas cardiovasculares, como, por exemplo, trombose venosa profunda, embolia pulmonar, infarto do miocárdio; ou de acidente vascular cerebral.

Continue lendo

Rapaz de 28 anos tem “sorte de estar vivo” após infecção por roer as unhas


Olá,

Luke Hanoman, de 28 anos, tem “sorte de estar vivo” — pelo menos foi o que os médicos disseram. Pai de duas crianças, o rapaz de Southport, no Reino Unido, experimentou sintomas semelhantes aos da gripe por duas semanas após arrancar, com os dentes, uma das cutículas ao lado das unhas. O hábito de roer unhas e remover peles quase custou a vida do rapaz, que desenvolveu sepse e passou 4 dias sob observação constante no hospital.

homem-morte-roer-unhas-01

Continue lendo

Zika pode tratar câncer cerebral, sugere estudo


Olá,

Em testes com camundongos, cientistas da USP conseguiram eliminar tumores no sistema nervoso central em estágio avançado. Pesquisa utilizou dois tipos de câncer comuns em crianças. Próximo passo é testar em humanos.

O vírus zika, cuja epidemia figurou como emergência sanitária de alcance global até pouco tempo atrás, pode ser eficaz contra o câncer. É o que revelou um estudo brasileiro publicado nesta quinta-feira (26/04) na revista científica Cancer Research, renomada na área oncológica.

Continue lendo

Anúncios