Archive for the ‘ Economia ’ Category

Estudo diz que 4 milhões de brasileiros voltaram à pobreza


Olá,

Pouco mais de 4,1 milhões de brasileiros entraram na faixa de pobreza no País em 2015, sendo que 1,4 milhão deles voltaram para a extrema pobreza no mesmo ano, informou o relatório “Radar IDHM 2015” nesta segunda-feira (14).

Dados mostram ainda queda na renda per capita da população

O relatório foi elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pela Fundação João Pinheiro divulgado.

Continue lendo

INSS convoca segurados por incapacidade para reavaliação de benefício


Olá,

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) convoca para perícia, pela segunda vez, milhares de segurados que recebem o benefício por incapacidade. De acordo com o Diário Oficial da União  de hoje (1º)  a nova chamada ocorre após uma tentativa do órgão de notificar os beneficiados pelo correio. As correspondências não teriam chegado porque os dados do endereços indicados no cadastro do Sistema Único de Benefícios estariam incompletos ou desatualizados.

INSS

Continue lendo

Crise do passaporte: o que fazer se você for viajar


Olá,

A Polícia Federal informou, na terça-feira, que está suspensa a emissão de novos passaportes. A PF alega que a decisão de deixar de emitir passaporte no Brasil se deve à “insuficiência do orçamento destinado às atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem”. A medida pegou os brasileiros de surpresa, especialmente por se tratar de um período de alta temporada de viagens, por conta das férias escolares.

Continue lendo

Nova regra do rotativo do cartão de crédito começa a valer hoje


Olá,

A partir desta segunda (3), quem não tem dinheiro suficiente para pagar toda a fatura do cartão de crédito pode passar, no máximo, um mês no crédito rotativo. Depois disso, o valor atrasado deverá ser pago ou parcelado em uma linha de crédito que cobra taxas de juros mais baixas.

Paying by card

Até então, o crédito rotativo era conhecido como o vilão dos empréstimos, por cobrar taxas que chegavam a 490% ao ano, enquanto o crédito parcelado, por exemplo, cobrava 160% ao ano, em média.

Continue lendo

Conta de luz cairá até 20% em abril por cobrança indevida de Angra 3


Olá,

A conta de luz do consumidor em todo o País vai cair até 20% em abril, por conta da devolução de uma cobrança indevida de energia atrelada à usina nuclear de Angra 3. A decisão anunciada nesta terça-feira, 28, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) atinge todas as distribuidoras de energia, com exceção de apenas três empresas, a Sulgipe, a Companhia Energética de Roraima e a Boa Vista Energia.

Resultado de imagem para conta de luz

A queda ocorrerá apenas no mês de abril. Com a decisão, a conta de luz do consumidor residencial da Eletropaulo, de São Paulo, cairá 12,44%. No caso da Light, do Rio de Janeiro, a queda será de 5,3%. A Cemig, de Minas Gerais, vai cortar em 10,61% a sua tarifa de abril. A CEB, de Brasília, terá redução de 5,92%.

Continue lendo

Michel Temer anunciará saque de até R$ 1.000 de contas inativas do FGTS


Olá,

O governo anunciará nesta quinta-feira a liberação de saque do FGTS para os trabalhadores que têm conta inativa. A medida tem potencial de liberar 30 bilhões de reais no mercado. O valor a ser autorizado ainda está em discussão. As alternativas em estudo são 1.000 reais e 1.500 reais.

O presidente Michel Temer está convencido da importância da medida: carteira-de-trabalho-fila-emprego-original.jpeg

A ideia é liberar recursos das contas inativas. Ou seja, para o trabalhador que mudou de emprego por vontade própria e não foi demitido. Como não houve demissão, esse dinheiro fica preso numa conta e não há nenhuma alternativa para o saque.

Continue lendo

Governo muda texto e retira policiais militares e bombeiros da reforma da Previdência


Olá,

O governo do presidente Michel Temer modificou nesta quarta-feira o texto da proposta de reforma da Previdência apresentada na véspera para tirar policiais militares e bombeiros das novas regras e dar aval para que militares continuem acumulando aposentadorias e pensões.

No texto inicial, a proposta extinguia aposentadorias especiais para policiais militares e bombeiros, que hoje têm direito à aposentadoria após 30 anos de contribuição para homens e 25 anos para mulheres, sem idade mínima. Na nova redação, essa menção foi excluída, mantendo as condições especiais para as categorias.

Continue lendo