Olá,

Qatar mostrando quem manda na casa deles é eles…

A 48 horas do início da Copa do Mundo 2022, a organização do Mundial do Qatar decidiu vetar nesta sexta-feira (18) a venda de cervejas alcoólica nos arredores dos estádios.

A mudança acontece a apenas dois dias do jogo entre Qatar e Equador, no próximo domingo (20), que marcará o pontapé inicial da competição da Fifa.

Anteriormente, a Budweiser, patrocinadora da entidade que rege o futebol mundial, tinha permissão para vender a bebida com álcool no perímetro dos oito estádios da Copa, começando três horas antes dos jogos e encerrando uma hora depois.

No entanto, por determinação do Qatar, apenas cerveja sem álcool poderá ser encontrada pelos torcedores fora das arenas.

No interior dos estádios, por sua vez, haverá também venda de cerveja não alcoólica, com exceção das áreas VIP, onde haverá a bebida com álcool.

O único local em que os fãs poderão comprar cerveja alcoólica será no FIFA Fan Festival, no Parque Al-Bidda, em Doha.

Como mostrou o ESPN.com.br na última quarta-feira (16), a bebida teve grande procura na primeira Fan Fest, com filas “quilométricas” se formando nos estandes de venda.

O preço do copo de 500ml da bebida com álcool é de 50 rials qatarianos, ou quase R$ 75.

A cerveja alcoólica, porém, também tem horário limitado para ser vendida: as barracas abrem Às 19h (horário do Qatar) e encerram operações à 1h da manhã.

“Embaraçoso”

Minutos após circular a notícia da proibição da venda de cerveja alcoólica, a Budweiser se pronunciou através das redes sociais.

Em sua conta no Twitter, a cervejaria adotou tom bem humorado para comentar a “desagradável” novidade vinda do Qatar.

“Bem, isso é embaraçoso…”, escreveu a marca de bebidas.

Well, this is awkward…— Budweiser (@Budweiser) November 18, 2022

Em nota enviada ao ESPN.com.br, o grupo AB InBev, que controla a Budweiser, se posicionou sobre o tema.

“Como parceiros da Fifa por mais de três décadas, estamos ansiosos com nossas ativações das campanhas da Copa do Mundo 2022 ao redor do mundo para celebrar o futebol com nossos consumidores. Algumas das ativações planejadas para os estádios não poderão seguir em frente devido a circunstâncias além do nosso controle”, disse um porta-voz da empresa.

Veja o comunicado da Fifa

Depois de discussões entre as autoridades do país-sede e a Fifa, uma decisão foi tomada sobre a venda de bebidas alcoólicas no FIFA Fan Festival, outros pontos de encontro de fãs e lugares licenciados, removendo os pontos de venda de cerveja nos perímetros dos estádios.

Não haverá impacto na venda da cerveja sem álcool, que continuará disponível em todos os estádios da Copa do Mundo.

As autoridades do país-sede e a Fifa vão continuar trabalhando para que os arredores dos estádios e as áreas próximas continuem oferecendo uma experiência agradável e respeitosa aos torcedores.

Os organizadores do torneio agradecem a compreensão do grupo AB InBev e o contínuo apoio para atender a todos durante a Copa do Mundo 2022

Fonte: ESPN