Michael Jackson morreu há pouco mais de dez anos, e ainda deixa saudades em fãs do mundo inteiro. O Rei do Pop teve uma carreira astronômica, marcada pelo talento, polêmicas e muito dinheiro.

O que é pouco falado em análises sobre a vida de Michael Jackson é sua relação com a família, principalmente com os filhos.

O legado de Michael Jackson continua vivo e presente no cenário musical da atualidade, tanto em sua influência em cantores e celebridades quanto por seus filhos – Paris, Prince e Blanket.

Em uma entrevista recente, Paris Jackson falou sobre seu relacionamento com a mãe na atualidade; confira.

Paris Jackson foi a convidada da semana no programa ‘Red Table Talk‘, que pela primeira vez contou com apresentação única de Willow Smith.

As duas herdeiras de astros – Willow é filha de Will Smith – tiveram uma conversa franca e honesta acerca de crescer sob os holofotes e as experiências em Hollywood.

A filha de Michael Jackson também discutiu a quantas anda seu relacionamento com a mãe, Debbie Rowe.

Willow Smith perguntou a Paris como a jovem conseguiu encontrar força após a morte do pai, que faleceu em 2009.

“Não sei exatamente, eu era muito nova na época. Não era algo consciente. Eu passei por tudo isso sem entender muito bem o que estava acontecendo”, comentou Paris Jackson.

Após a morte de Michael, Paris passou a viver com a avó, Katherine Jackson. A vida da atriz mudou drasticamente com a troca do ensino em casa por uma escola tradicional.

“Ainda sou muito ligada aos meus irmãos, e sempre vejo os outros parentes em reuniões de família. Na verdade, me encontrei com meus primos no último Natal e Dia de Ação de Graças, mesmo que eles não os chamem assim”, revelou Paris Jackson.

Grande parte da família materna de Paris Jackson é formada por Testemunhas de Jeová. A religião não permite a celebração de festas e feriados.

Paris Jackson se identifica como pansexual, e também revelou que parte da família não aceita sua orientação.

Lyllyan

Fonte: Observatório do Cinema