Olá,

Taj Jackson, sobrinho do falecido Michael Jackson, não poupou elogios às conquistas do BTS e à história do grupo sul-coreano.

BTS alcança marca de Michael Jackson e recebe elogios de sobrinho do astro

Na semana passada, o BTS foi nomeado o Maior Artista Global em 2020 pela IFPI (Federação Internacional da Indústria Fonográfica). Com vendas e streams dos álbuns MAP OF THE SOUL: 7 e BE, o BTS se tornou o primeiro artista asiático a conseguir o feito neste ranking.

Agora, a BTS adicionou mais um feito incrível do IFPI em sua lista: o primeiro lugar no “Ranking Global de Vendas de Álbum”. A lista considera vendas físicas e downloads digitais do mundo todo. Enquanto o disco “MAP OF THE SOUL: 7” ocupou o primeiro lugar, “BE” conquistou a segunda posição. Já “MAP OF THE SOUL: 7 – The Journey“, álbum cantado totalmente em japonês, conquistou a 8ª posição.

Esta é a primeira vez na história que um artista tem dois álbuns no topo desta tabela do IFPI e é a primeira vez desde 2009 que um artista tem três álbuns no ranking. O último a conseguir este feito foi o Rei do Pop, Michael Jackson.

Infelizmente, Michael Jackson faleceu quatro anos antes da estreia do BTS. Mas, Taj Jackson, o sobrinho do astro, foi ao Twitter elogiar o grupo.

“Parabéns, BTS. Vocês merecem. Michael Jackson teria sido o primeiro a ligar e parabenizar vocês pessoalmente. Continuem arrasando”

Lyllyan

Fonte: Observatório de Música