Olá,

Paris Jackson, filha de Michael Jackson, fez fortes revelações recentemente no documentário do Facebook: “Sem filtro: Paris Jackson e Gabriel Glenn”, que protagonizava com o ex-namorado. Paris tinha 11 anos quando seu pai morreu, e conta que devido à pressão da mídia, ela começou a se provocar ferimentos graves.

Paris Jackson comenta sobre tentativa de suicídio - Reprodução/Instagram

Ela reconheceu o quão difícil foi o escrutínio sobre sua vida após a morte do rei do pop, e por isso tentou se matar em duas ocasiões.

É a primeira vez que a jovem de 22 anos fala abertamente sobre o assunto.

“Na época ganhei muito peso e comer se tornou um vício. Uma prima me chamou de gorda e eu pensei: ‘Ok, eu não posso continuar.’ E foi assim que caí na automutilação”, revela.

O pior veio aos 15 anos, quando a cantora começou a se ferir com faca, lâmina de barbear, e até fogo. “Nunca pensei que morreria com isso, porque sempre estive no controle da lâmina e sabia a que profundidade estava indo”, acrescentou comentando que teve sérios problemas mentais. Embora Paris Jackson agora tenha estabilidade emocional, ela reconhece que nem sempre foi fácil ser filha de Michael Jackson.

Vamos torcer para ela ter virado esta página.

Lyllyan

Fonte: OFuxico