Olá,

Abraços, beijos e carinhos são formas comuns de demonstrar afeição por alguém. No entanto, essas práticas não estão restritas ao convívio humano: buscar conforto e aconchego nos carinhos de um parceiro, de um familiar e de um amigo também é algo comum entre os animais.

Reprodução/Instagram

Prova disso foi registrada pelo fotógrafo Tobias Baumgaertner, que capturou uma fotografia que mostra dois pinguins viúvos abraçados observando o horizonte em Melbourne, na Austrália. A imagem foi compartilhada nas redes sociais de Tobias e, até o momento de publicação dessa matéria, já somava mais de 30 mil curtidas.

Na legenda do Instagram, o fotógrafo escreveu: “Em épocas como essa, os verdadeiramente sortudos são aqueles que podem estar com a pessoa/pessoas que mais amam. Eu registrei esse momento aproximadamente há um ano. Esses dois pinguins, posicionados em uma rocha com vista para o horizonte de Melbourne ficaram ali por horas observando as luzes do horizonte e do oceano. Um voluntário se aproximou de mim e me contou que a pinguim branca era uma idosa que perdeu o parceiro recentemente e, aparentemente, o outro pinguim se tratava de um macho. Desde então, eles [os dois pinguins da foto] se reúnem com frequência, confortando-se e permanecendo juntos por horas assistindo as luzes da cidade vizinha. Passei três noites inteiras com essa colônia até conseguir registrar esse momento. […] foi realmente difícil conseguir uma chance, mas tive sorte durante um momento bonito. Espero que vocês aproveitem esse momento tanto quanto eu”.

Baumgaertner acredita que, após perderem seus parceiros, os pinguins foram unidos pela dor. “Acho que às vezes você encontra o amor quando menos espera. É um privilégio amar alguém verdadeiramente”, diz. O fotógrafo conta que os dois se destacavam em meio à multidão de pinguins, já que, enquanto os outros estavam dormindo ou correndo, eles pareciam aproveitar cada segundo juntos para observar o horizonte.

A fotografia fez tanto sucesso nas redes sociais que Baumgaertner publicou uma segunda imagem. Na legenda, escreveu: “O amor é o único jogo que ganhamos mesmo quando perdemos”.

Muito meigo.

Fonte: Bonde