Arquivo para 6 de junho de 2017

O caso de Whitney Houston: racismo, violência doméstica e drogas


Olá,

Para o cineasta Kevin Macdonald, a música pop teve quatro grandes ícones nos anos 1980. Madonna é a única entre eles ainda viva. E a única branca. Os outros três, todos negros, mortos quando estavam um tanto desconectados do mundo, em decorrência do uso excessivo de drogas — legais ou talvez não —, foram Michael Jackson (1958-2009), Whitney Houston (1963-2012) e Prince (1958-2016).

O cineasta Kevin Macdonald – Fernando Cavalcanti / Divulgação

Diretor escocês, premiado com o Oscar e atualmente preparando um documentário sobre Whitney, Macdonald tem se perguntado justamente o que mais há em comum nesses casos que ajude a compreender a história da mulher que começou cantando numa igreja de New Jersey, conquistou o mundo com seu sorriso solar e a voz privilegiada, e teve um fim trágico, aos 48 anos. A explicação passaria por racismo, exigências da indústria de entretenimento e o momento de ascensão dos três astros.

Continue lendo

Anúncios