Olá,

Quase oito anos depois da morte de Michael Jackson e tudo mudou na vida de seus filhos Michael Jackson Jr., mais conhecido como Prince Jackson, de 20 anos, Paris Jackson de 18 e Blanket de 15 anos. Blanket, desde 2015, adotou um outro nome, pois afirma que era vítima de bullying por parte dos colegas de escola.

Assim, o jovem passou a ser tratado por Bigi, um nome de origem alemã que significa idealista, sensível e inspirador, explica a família, que revela ainda os benefícios desta mudança.

“Ele ainda é tímido, mas está mais confiante desde que tem um novo nome. Ainda tem dificuldade em esconder a timidez quando está perto de pessoas que não conhece, mas na escola privada que frequenta, em Los Angeles, está muito mais confiante e empenhado em ter boas notas. Assim como outros rapazes da sua idade, ele passa muito tempo praticando esportes e vendo filmes junto aos seus amigos”, confirmou uma fonte familiar à revista People.

Embora a morte do cantor tenha afetado todos os seus filhos, a verdade é que o mais novo foi quem precisou de mais atenção, por parte dos que ficaram responsáveis pela sua educação, ou seja, a avó, Katherine Jackson, de 87 anos, com quem ele continua vivendo em Calabasas, Califórnia-, e o primo, TJ Jackson, de 38, que foi nomeado tutor em testamento deixado por Michael Jackson.

“As crianças continuam vivendo como se o Michael estivesse sempre olhando para elas. O Bigi foi quem revelou mais problemas de adaptação à nova realidade. Houve época em que ele parecia perdido e extremamente triste”, lembrou a fonte.

Pra mim, eterno Blanket!!!

Lyllyan

Fonte: O Fuxico