Com este aplicativo, você vai fazer compras como Michael Jackson


Olá,

No documentário “Living With Michael Jackson”, de 2003, o falecido Rei do Pop foi filmado comprando obras de arte e móveis em uma loja em Las Vegas, apontando para as coisas que gostava e depois saindo da loja e deixando a conta para seus assistentes pagarem. Agora, uma startup do Japão está tentando transformar essa experiência de compra em uma realidade para todos.

Resultado de imagem para michael jackson fazendo compras

O aplicativo da Primo possibilita que os usuários pulem a fila do caixa usando seus smartphones. A digitalização de um código QR finaliza a compra instantaneamente. A startup de oito pessoas aposta que as empresas vão aderir a esse serviço. Desde que estreou, em outubro, a Primo atraiu 90 empresas no Japão, entre elas uma fabricante de chocolates artesanais, a marca de chá preferida pela família imperial do Japão e a fabricante de equipamentos de áudio de primeira linha Bang & Olufsen.

“Não precisa ser bilionário para fazer compras assim”, disse Abasa Phillips, fundador da Primo, que tem sede em Tóquio. “Muitas empresas estão trabalhando na otimização do caixa, mas o problema é a espera de 10 a 15 minutos antes de concluir a compra.”

Embora possa parecer que as compras virtuais estão superando as compras presenciais hoje em dia, o comércio eletrônico é apenas uma fração das vendas das lojas físicas, representando menos de 10 por cento do total nos EUA. A Amazon tomou nota disso e em dezembro lançou uma loja conceito onde os consumidores vão poder pegar os produtos e sair sem ter que passar pela fila do caixa para escaneá-los.

A Primo argumenta que as etiquetas QR são mais baratas e fáceis de implementar e podem ser lidas por qualquer câmera de smartphone. Embora os códigos QR não sejam tão comuns nos EUA e na Europa, eles estão por todos os lados no Japão, na China e em outros lugares da Ásia. Promovidas pelo aplicativo de mensagens WeChat, da Tencent Holdings, essas etiquetas foram rapidamente adotadas pelas gigantes chinesas de tecnologia Alibaba Group Holding e Baidu para tudo, do compartilhamento de contatos ao pagamento do táxi.

A Primo vai testar essa tecnologia em uma loja 24 horas nesta semana, oferecendo cerca de 20 marcas e produtos que vão de detergentes ecológicos a chás orgânicos e saquê japonês. A companhia fica com 10 por cento de cada transação, incluindo taxas de cartão de crédito.

Em dezembro, o aplicativo apareceu no Product Hunt, um boletim virtual dos EUA para usuários de novos aplicativos, serviços e acessórios. A Primo agora pretende levantar US$ 1 milhão em uma rodada de financiamento inicial para acelerar a integração a lojas virtuais e se expandir para os EUA. De um modo ou de outro, Phillips aposta que, algum dia, todo mundo vai fazer compras como Michael Jackson.

“As experiências de compra oferecidas pela tecnologia móvel ainda não são muito sofisticadas porque elas estão completamente separadas do pagamento”, disse Phillips. “Nós juntamos tudo em um único toque e pronto.”

É meu sonho também fazer comprar como Michael Jackson e mandar os outros pagarem… kkkk

Lyllyan

Fonte: UOL

Anúncios
  1. Se pagarem como o dim dim deles está ótimo kkkkkkkkkkkkkkkkk

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: