TV demite taróloga que sugeriu ‘mimar’ marido violento


Olá,

Mulher apanha do marido há 40 anos. Exausta de sofrer, liga para a taróloga que está ao vivo lendo cartas do baralho na TV.

O conselho que a telespectadora angustiada recebe é: “Quando damos amor, recebemos amor. Quando damos violência, recebemos violência. Mime seu marido”.

A esposa, resignada, responde: “Sim, sim. Eu que tenho que fazer as pazes”.

A cena surreal aconteceu no início de junho numa transmissão da emissora SIC, parceira da Globo em Portugal. A reação virulenta do público obrigou o canal a demitir a esotérica Carla Duarte e emitir comunicado condenando a declaração infeliz.

Acusada de relativizar a gravidade da violência doméstica, a apresentadora foi duramente criticada pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), que acolhe pessoas em situação de risco. A entidade realizou 34.327 atendimentos em 2015.

A taróloga denunciou ter recebido ameaças anônimas depois da repercussão de seu equivocado conselho. Disse ainda que a filha passou a sofrer bullying no colégio.

A mulher apanha é porque não dá amor ao marido? Minha nossa!

E como uma mulher apanha há 40 anos do marido ainda não foi em um delegacia? Jesus!

A maioria destas pessoas que se dizem cartonantes, videntes etc e tal, não passam de charlatões.

Fonte: Terra

Anúncios
  1. Eu não acredito em nada disso.

  2. Foi infeliz na resposta mesmo. Mas delegacia não adianta nada. Ela tem que se separar na primeira q levou, mas às vezes depende da situação nem todas podem se separar pois dependem do carniça e não tem pra onde ir. Já vi vários casos q não deu em nada. Essa lei Maria da Penha é só pra a mulher que apanhou não retirar a queixa do marido. E se amanhecer morta não dará trabalho a polícia. Infelizmente é isso. Eu não me iludo mais e nem espero nada nem da vida e nem de ninguém.

      • Lyllyan
      • 20 de junho de 2016

      Olá Sininho,
      Estas mulheres que apanham do marido não nasceram grudadas com eles e antes de se casarem elas deveriam morar em algum lugar.
      Eu preferiria sair de casa menos não tendo um parentes ou amigo para pedir abrigo, procuraria uma pensão de um quarto e iria a luta para procurar uma emprego de limpeza, cuidadora de idosos etc e tal.
      Mas ficar apanhando, não.
      Tomei muito tabefe dos meus pais quando criança para apanhar depois de casada e ainda bem que não sou casada.

      • Mas não é tão fácil assim. Principalmente qdo se tem filhos.

          • Lyllyan
          • 20 de junho de 2016

          Olá Sininho,
          Sei lá, eu faria isto.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: