SP: assaltante de 10 anos de idade morre após roubo de carro


Olá,

O DHPP (Delegacia Estadual de Homicídios e Proteção a Pessoa) investiga um tiroteio que terminou com a morte de um menino de 10 anos no Morumbi, na zona sul de São Paulo, na noite dessa quinta-feira. O garoto, segundo a PM (Polícia Militar), teria trocado tiros com os policiais durante uma fuga.

Segundo a polícia, menores roubaram carro e trocaram tiros durante perseguição (Foto: TV Globo/Reprodução)

De acordo com a corporação, o menino e outro menor, com 8 anos de idade, usaram um revólver calibre 38 para atacar uma motorista. A vítima foi abordada quando entrava em um condomínio.

Os dois menores assaltantes obrigaram a mulher a descer do carro, e o mais velho assumiu a direção. Funcionários do edifício avisaram uma equipe da Rocam (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas), que passava por ali naquele momento.

Os PMs foram atrás e conseguiram encontrar o carro, quando ordenaram ao garoto que estava ao volante que parasse, mas ele não obedeceu e ainda acelerou.

Perseguido, ele seguiu pela Avenida Giovanni Groncchi, onde chegou a bater contra um ônibus, mas, ainda assim, prosseguiu na fuga.

Já na Rua José Ramon Urtiza, o menino de 10 anos voltou a bater o carro, desta vez contra um pequeno caminhão, do tipo VUC.

Outra equipe da PM, que já havia sido avisada, fez o bloqueio, o que provocou congestionamento na via. Travado em meio ao trânsito, o garoto não conseguiu manobrar o carro.

Quando os policiais cercaram a dupla, o mais velho teria reagido, atirando. No revide, ele acabou baleado e morreu antes que o resgate fosse acionado.

A mãe dele, que também ficou presa e deixou a cadeia há pouco tempo, compareceu à delegacia, onde afirmou que simplesmente não conseguia controlar o filho. Ela não acredita que o filho estivesse armado.

O outro menino escapou ileso e foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Aos 8 anos, ele será entregue aos pais, devendo ser apresentado ao juiz da Vara de Infância caso solicitado. Segundo funcionários do DHPP, o pai do outro menino que morreu está preso.

O nome original desta matéria publicada pela Band foi “SP: menino morre após roubo de carro”, a impressão que dá é que o “menino” que morreu é inocente, e na verdade, ele e seu comparsa de 8 anos de idade renderam uma mulher, levaram o carro dela, trocaram tiros com os PM nas ruas que passaram. 

Que menino? Meninos que dirigem, assaltam, sabem manusear arma de calibre 38, atira sem dó de matar ou morrer…

De menino ambos não tem mais nada e viram dois bandidos de alta periculosidade.

Parabéns a Polícia Militar! Estamos exacerbados de violência, crueldade, corrupção.

Fonte: Band

Anúncios
  1. Essa lei que nunca muda.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: