Olá,

Uma mulher foi admitida no seu “emprego dos sonhos” e demitida meia hora depois, em Swansea, na Inglaterra. O motivo? Ela tem uma tatuagem na mão.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Claire Sheperd, de 27 anos, foi aprovada para uma vaga de consultora em uma rede de varejo, onde ajudaria a planejar quais produtos seriam os melhores para vender e como deveriam ser exibidos nas lojas.

Diante da imensa experiência da mulher, a rede Dee Set não hesitou em admiti-la após uma entrevista feita por telefone. Entretanto, após a chegada da moça na empresa, os diretores mudaram de ideia completamente.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Segundo a companhia, eles não poderiam contratá-la pois o desenho da tatuagem poderia ofender os clientes. Frustrada, Claire publicou o caso em seu perfil no Facebook e rapidamente comoveu internautas de todo o mundo.

“Eu fiquei chocada quando eles me disseram que eu não poderia trabalhar lá já que eu não conseguiria cobrir minha tatuagem”, disse a inglesa.

“Não me conformo que as pessoas ainda promovam discriminação por conta de tatuagens aparentes. Estou totalmente enojada”, continuou a moça. Segundo ela, o emprego seria “dos sonhos” devido às  suas qualidades profissionais e por conta da condição financeira.

Após ver o post no Facebook, a companhia voltou atrás mais uma vez e ofereceu o emprego para Claire de volta. “Eles disseram que no fim minha tatuagem não era ofensiva, mas acredito que se a história não tivesse viralizado, eles não teriam me dado a vaga novamente”, explicou.

Em resposta, Claire recusou a proposta e trabalha agora na empresa de varejo B & M. “O governo quer que todos estejam empregados, desta forma, não deveriam permitir que as empresas tenham políticas tão ultrapassadas”, disse a inglesa.

O fato é que muitas empresas não aceitam colaboradores com tatuagens visíveis, cabelos coloridos, roupas despojadas demais etc.

Fonte: Yahoo