Olá,

Mudança do limite está condicionada à instalação da nova sinalização.
Velocidade nas pistas expressas cairá de 90 km/h para 70 km/h.

A redução das velocidades das marginais Tietê e Pinheiros deve ocorrer na segunda quinzena de julho, informou nesta terça-feira (30) o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto.

Anunciada para ser implantada até o fim de junho, a redução de velocidade acabou adiada para julho. A velocidade nas pistas expressas cairá de 90 km/h para 70 km/h. Nas pistas locais e centrais, a redução será de 70 km/h para 60 km/h. Em alguns trechos como de curvas e onde há faixas de ônibus, a diminuição será de 60 km/h para 50 km/h.

Tatto disse que a instalação da nova sinalização deve ocorrer durante um fim de semana e citou as datas 17 e 21 para a possível data para o início do novo limite. “Está tudo programado. Quando você coloca a sinalização é que começa a valer”, afirmou. “É uma questão de salvar vidas. E, para salvar vidas e trazer segurança das pessoas na cidade de São Paulo, não é uma questão de convencimento, é uma questão da dignidade da vida das pessoas.”

Redução de velocidade

Ruas e avenidas da região da Consolação estão com a velocidade máxima menor desde segunda-feira (29). Entre as que tiveram redução para 40 km/h estão as ruas Augusta, Frei Caneca, Peixoto Gomide, Barata Ribeiro e Bela Cintra. Na Avenida Nove de Julho, entre a Praça da Bandeira e o final do Túnel Daher Elias Cutait, a velocidade máxima caiu para 50 km/h.

Já os trechos da Rua da Consolação, entre a Avenida Paulista e a Rua João Guimarães, e da Avenida Paulista, entre a Consolação e a Nove de Julho, não sofreram alterações e continuam com velocidade de 50 km/h, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

No Budget da Prefeitura está previsto o aumento de multas e com a redução da velocidade, é obvio esta arrecadação aumentará.

Gostaria de acreditar que a Prefeitura se preocupa com a segurança no trânsito, mas na verdade a preocupação é aumentar os cofres.

Fonte: G1