Olá,

Nem toda mulher sabe, mas alguns hábitos do dia a dia podem agravar os efeitos do fenômeno dos seios caídos. A boa notícia é que essas atitudes são simples e podem ser facilmente evitadas, segundo o cirurgião-plástico Luís Claudio Barbosa. “Apesar da gravidade, que não há como fugir, é possível entardecer esta ação evitando alguns hábitos do dia a dia”, ressalta.

(Thinkstock)

Veja cinco hábitos que aceleram a queda dos seios e que você deve evitar:

Não usar sutiã

O médico explica que se o sutiã for confortável pode ser usado inclusive para dormir

“O uso do sutiã favorece para a mama não cair, e o modelo deve ser adequado, no tamanho ideal para você, sem apertar as costas”, recomenda o membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. O especialista ainda reforça que se o sutiã for de um modelo confortável, o ideal é usar o máximo de tempo possível, inclusive para dormir.

Ser sedentária: “Exercício físico ajuda a acelerar o metabolismo colaborando com a saúde da pele, afastando a flacidez e a queda”, indica o cirurgião-plástico.

Não hidratar a pele: O médico explica que a mama é formada por tecido glandular e tecido gorduroso, por isso “tudo que melhore a qualidade da pele, ajuda a manter um aspecto mais bonito”. E recomenda: “Uma boa hidratação faz toda a diferença na sustentação e na prevenção de estrias”.

Tabagismo 

O cigarro pode influenciar na queda da mama e no envelhecimento da pele.

“O cigarro suprime os vasos sanguíneos e prejudica a circulação, o que atrofia a pele e reduz o colágeno, influenciando a queda da mama e o envelhecimento”, justifica Luís Claudio.

Se expor ao sol em excesso: “O sol das 10h até às 16h envelhece a pele como um todo e deixa uma aparência ruim e nada saudável”, explica o especialista.

Eu tenho os seios naturalmente grandes, se não cuidar, já viu onde irão parar no futuro… 

Fonte: Itodas – UOL