Olá,

São Paulo – Em 1987, na preparação para clipe de “Smooth Criminal”, o cantor Michael Jackson criou uma coreografia que virou uma de suas marcas registradas.

Desenho do sapato usado nas apresentações de Smooth Criminal de Michael Jackson usado no pedido de patente

Aparentemente desafiando a gravidade, o rei do pop aparecia em cena se inclinando 45 graus para frente. Embora o efeito tenha sido obtido usando fios que o seguravam, Michael queria repetir a cena ao vivo em seus shows.

Segundo o site Mashable, ele se reuniu com dois outros co-inventores para desenvolver um sapato especial que pudesse ser usado em suas performances.

O sapato desenhado (veja nas imagens ao final) tinha um salto com corte triangular que se prendia a um pino que surgia no palco na hora do movimento. Assim, Michael e dançarinos eram ancorados na hora da inclinação.

Veja no vídeo abaixo a “mágica” acontecendo (a partir do minuto 3:47

Em 1993, Michael Jackson e seus parceiros de invenção conseguiram a patente do sapato nos Estados Unidos. Em 1996, no entanto, uma falha fez com que o calçado precisasse ser redesenhado: durante uma apresentação em Moscou, um dos calcanhares de Michael se soltou do pino e o cantor saiu voando.

Depois do show, o par de sapatos usados pelo cantor ficou com a sucursal de Moscou do Hard Rock Cafe até a morte de Michael, quando foram leiloados por cerca de 600 mil dólares.

Veja abaixo os desenhos do sapato apresentados no pedido de patente:

Desenho do sapato usado nas apresentações de Smooth Criminal de Michael Jackson usado no pedido de patente

Desenho do sapato usado nas apresentações de Smooth Criminal de Michael Jackson usado no pedido de patente

Eu adoraria ter um sapato deste…

Lyllyan

Fonte: Exame