Olá,

O próximo dia 27 de março promete ser uma data histórica na revolução das bicicletas no Brasil.

Bicicletadas – movimento sem líderes inspirada na Massa Crítica- são esperadas em diversas cidades do país em apoio às ciclovias paulistanas, que tiveram obras paralisadas por determinação do Ministério Público Estadual no último dia 19.

No âmbito judicial, o grupo Ciclocidade, que trabalha em prol do ciclismo urbano na cidade, entrou com uma representação contra a Promotora Camila Mansur. “A gente não está aqui pra brincar. Bicicleta não é brinquedo” disse Daniel Guth, da Ciclocidade, em entrevista à Renata Falzoni.

ENTENDA O CASO

Geralmente as bicicletadas acontecem toda última sexta-feira do mês, mas nesta semana o tom do movimento é mais firme contra o “retrocesso”. O coletivo organiza-se pelas redes sociais.

Em São Paulo, a convocação é na Praça do Ciclista na avenida Paulista, concentração a partir das 18 horas. Mais de 10 mil pessoas confirmaram presença em atos marcados no facebook.

Pelo menos outros 18 eventos estão marcados para acontecer simultaneamente em todo país, onde ciclistas pedalam juntos para reivindicar seu espaço nas ruas.

Participe nas cidades:

Aracaju (SE)
Belo Horizonte (MG)
Blumenau (SC)
Brasília (DF)
Campo Grande (MS)
Curitiba (PR)
Florianópolis (SC)
Fortaleza (CE)
Juiz de Fora (MG)
Maceió (AL)
Maringá (PR)
Natal (RN)
Niteroi (RJ)
Recife (PE)
Rio de Janeiro (RJ)
São José dos Campos (SP)
Vitória (ES)

Participe!

Fonte: Red Bull