Olá,

Divulgando o álbum “Rebel Heart”, a cantora Madonna concedeu uma entrevista ao New York Times e falou sobre sua trajetória. Motivada pela música “Veni, Vidi, Vici”, ela se permitiu olhar para trás e fazer uma autorreferência. “Não gosto de me prender ao passado, mas me pareceu o momento certo”, disse. “Em muitos momentos, eu paro e penso em todas as pessoas que conheci, com quem trabalhei, de quem fui amiga, com quem colaborei, de Basquiat a Michael Jackson e Tupac Shakur. Eu sobrevivi e eles não”.

Basquiat foi um grafiteiro e pintor americano, que morreu aos 27 anos em 1988. Já o rapper Tupac Shakur morreu em 1996 e o Rei do Pop Michael Jackson faleceu em 2009, enquanto se preparava para uma temporada de shows. Sobre eles, Madonna diz: “É agridoce pensar nisso. Eu queria parar e olhar para trás. É uma espécie de culpa do sobrevivente. Como foi que eu consegui e eles não?”.

Segundo a cantora, a fama e a indústria podem realmente ser duros. “Todos pensam em mim como impenetrável e sobre-humana, mas a verdade não é essa”, confessou. “Neste negócio em que estou, você pode começar a se sentir como um hamster em uma roda. As pessoas esperam coisas de você. E eu espero coisas de mim”.

Cada um tem sua missão na terra…

Lyllyan

Fonte: Portal Popline