Olá,

Os olhos eram azuis, a voz única, e o rosto de bom moço. Embora Frank Sinatra tenha sido associado à máfia italiana algumas vezes, o cantor acaba de ter uma de suas facetas surpreendentemente revelada: ele era o contato do cartel de Pablo Escobar para vender cocaína nos EUA.

Tal afirmação foi feita por Juan Pablo Escobar, o filho do histórico traficante colombiano. O rapaz acaba de lançar a biografia “Pablo Escobar, Meu Pai”, onde revela várias facetas sobre o chefe do Cartel de Medellín, entre elas a parceria ‘ilegal’ com o cantor americano. A notícia é do site El País.

O livro narra vários feitos da trajetória do pai. Um deles é que ele entrava nos EUA sem se esconder. Chegava na alfândega, mostrava seu passaporte e lhe diziam “Bem-vindo aos Estados Unidos senhor Escobar”. Em quase todas dessas viagens o traficante carregava centenas de milhares de dólares que jamais foram apreendidos. Também relembra a viagem que fez até Washington DC, onde sua mãe tirou uma foto deles em frente a Casa Branca (veja a imagem abaixo) e depois foram visitar a sede do FBI. Tudo na maior paz.

1422817847_414282_1422968072_noticia_normal

No geral, Juan dá a entender que o personagem de seu pai o superou na vida real. Mas histórias interessantes como essa de Frank Sinatra deve valer muito a leitura.

Pois é, que loco!

Fonte: Virgula