Olá,

Uma deputada russa propôs combater a prostituição, permitindo que os clientes se casem com as profissionais do sexo para evitar a prisão.

“Se essa lei for aprovada, os clientes de prostitutas terão a escolha entre pagar uma multa de 100 mil rublos (cerca de R$ 5.700) ou cumprir uma pena de até 15 dias na cadeia. Mas também poderão evitar a prisão casando-se com a prostituta”, indicou nesta quarta-feira a deputada de São Petersburgo (norte), Olga Galkina.

Os especialistas acreditam que este projeto de lei, descrito como “populista” pela imprensa local, é pouco provável de ser adotado.

Atualmente, os clientes de prostitutas não estão sujeitos a qualquer sanção na Rússia.

Até parece que casamento acabaria com a prostituição.

Fonte: Terra