Olá,

Morreu nesta quinta-feira (4/9), aos 81 anos, a comediante, atriz e apresentadora de tv Joan Rivers era o terror das celebridades americanas.

Seus comentários ferinos não perdoavam ninguém – mas, não raro, causavam sentimentos ambíguos nas vítimas. Se por um lado o artista podia até se ofender com a acidez de Joan, por outro sabia que ser detonado por ela era sinal de popularidade e relevância.

Com dois discos de humor gravados, um deles indicado ao Grammy (What Becomes a Semi-Legend Most?, de 1984), a provocadora mereceu um Top 10 de Billboard. A seguir, as tiradas curtas mais agressivas desferidas por Joan no universo musical.

1. “Toda essa história do Michael Jackson é culpa minha. Eu falei para ele namorar apenas com gente de 28 anos de idade. Quem imaginaria que ele entenderia vinte de oito?”

2. “A Madonna é tão peluda. Quando ela levantou o braço, achei que era a Tina Turner no seu sovaco.”

3. “Mick Jagger podia dar um selinho num alce.”

4. “Eu disse que o Justin Bieber parece uma lésbica. E confirmo: ele é a filha que a Cher gostaria de ter parido.”

5. “Conheci a Adele! Como se chama a música dela, ‘Rolling In The Deep’? Ela deveria adicionar ‘Fried Chicken’ ao título [referência a deep fried chicken, o nosso frango frito].

6. “Se eu achasse a Yoko Ono boiando na minha piscina, eu daria uma bronca no meu cachorro.”

7. ”Boy George é todinho carência inglesa – mais uma rainha que não sabe se vestir.”

8. “Os joelhos da Taylor Swift têm passado mais tempo juntos do que minha filha e eu.”

 9. “A Marie Osmond é tão pura que nem o Moisés poderia separar seus joelhos.”

 10. “Mal posso esperar para a carreira da Britney Spears acabar e ela me servir café numa loja de conveniência.”

Alguém teve oportunidade de assistir o programa que ela apresentava Fashion Police? Que língua felina que ela tinha…

Lyllyan

Fonte: Billboard