Olá,

Um casal prestou queixa na Polícia Civil contra o gerente de uma unidade da rede Habib´s, em São Paulo. O homem jogou óleo quente de cozinha sobre os dois durante uma discussão na rua Teodoro Sampaio, na região da Vila Madalena, Zona Oeste da capital.

Queimaduras no corpo de Lígia. (Foto: Reprodução / Facebook)

Lígia Ferreira Tatto, de 18 anos, e Lucas Oliveira Lopes, de 20, sofreram queimaduras e registraram boletim de ocorrência por lesão corporal no 14º Distrito Policial.

Queimaduras no corpo de Lígia. (Foto: Reprodução / Facebook)

O casal acompanhava com amigos a vitória do Brasil sobre o Chile na Copa do Mundo e depois decidiu jantar no restaurante. Ao pagar a conta, a jovem não encontrou sua bolsa e pediu ao gerente para disponibilizar as imagens das câmeras de segurança na tentativa de descobrir se havia entrado ou não com a bolsa no local, originando a briga.

Em entrevista ao G1, o gerente Sérgio Mendes Teles, de 33 anos, admitiu a agressão e pediu desculpas ao casal. Ele afirmou que tentou se defender do jovem após a discussão.

Uma cinegrafista amadora filmou o momento em que a Polícia Militar chegou ao local para atender à ocorrência. Nas imagens, Lígia e Lucas aparecem com rostos e braços cobertos por óleo, enquanto o gerente é mantido próximo pelos policiais. Questionado pela autora do vídeo, o acusado pela agressão se manteve em silêncio.

Testemunhas afirmaram ao G1 que o Sérgio Mendes saiu da unidade com um garfo na mão enquanto colocava os dois jovens para fora. Logo depois, funcionários pediram que os demais clientes deixassem o local e fecharam o restaurante para evitar agressões ao gerente.

Empresa se defende

A assessoria de imprensa do Habib´s divulgou uma nota informando que investigará o incidente e que afastou o funcionário até o fim do inquérito.

“Sobre o ocorrido, a Rede Habib´s informa que está apurando os fatos com os funcionários da loja franqueada e com os clientes envolvidos para tomar as providências cabíveis.

Independente da apuração, a rede está prestando toda assistência à cliente. O funcionário envolvido foi afastado e assim permanecerá até a conclusão da averiguação.

O Habib’s reforça seu compromisso com a segurança nas lojas da rede, item prioritário no treinamento de seus colaboradores, e repudia todo tipo de violência física ou moral realizada por qualquer pessoa, seja funcionário ou cliente, e por qualquer que seja o motivo.

O Habib’s informa que se trata de um caso isolado, sem precedentes em sua história, e que não condiz com o padrão de atendimento de suas lojas. Por isso, está empenhado em esclarecer essa questão com prioridade, sempre dando aos clientes todo o atendimento necessário”

Já não basta a violência urbana diária e os arrastou e porta de restaurantes, agora você entre num rede de fast food e sai queimado pelos próprios funcionários…

Onde vamos parar deste jeito?

Fonte: Yahoo & G1