Olá,

Uri Geller contou que hipnotizou Michael Jackson para questioná-lo sobre as alegações de abuso infantil.

O ilusionista disse que colocou o falecido Rei do Pop sob um feitiço hipnótico, a fim de determinar se ele era realmente inocente das acusações de abuso infantil, que foi a base de um estudo muito divulgado em 2005 – e era certo que ele não era culpado.

Ele disse: ”Michael era, e é, totalmente inocente – que foi provado em tribunal. Não só isso, eu sei que ele é inocente, porque eu hipnotizado ele e fiz lhe essas perguntas.”

Uri, 67, admite que é assombrado pela culpa por promover o encontro do jornalista Martin Bashir com Michael Jackson, que produziu um documentário de TV que comprometeu o Rei do Pop, o qual mostrou o cantor de mãos dada com Gavin Arvizo, então com 13 anos.

A entrevista que não faz jus foi um dos incidentes que levaram às acusações de 2005 e posterior julgamento e causou um racha entre os amigos.

Uri disse: ”Tudo aconteceu por causa da entrevista de Martin Bashir. Olhando para trás, isso foi um erro devastador. Martin Bashir mostrou-me uma carta a princesa Diana havia escrito para ele e pensei, porque Michael amava Diana, Martin era a pessoa certa para fazer a entrevista.”

”A entrevista teria sido incrível se Michael não tivesse sentado lá com um menino de 13 anos de idade, segurando sua mão, dizendo ao mundo que não há problema em convidá-los para tomar um leite morno. Isso não foi certo.”

”Mas o fato de que eu era o instigador do documentário, que começou sua queda causou uma fratura e nunca mais nos falamos. Esse sentimento de culpa nunca vai me deixar.”

Uri também abriu o jogo sobre a morte trágica de Michael Jackson em junho de 2009 – a partir de uma dose letal de Propofol – alegando que ele muitas vezes advertiu a estrela sobre sua dependência em remédios.

Ele contou para a revista britânica “Hello!”: ”Eu avisei Michael muitas vezes. Eu gritei com ele, eu dormia no chão do quarto de hotel ao lado de sua cama para ter certeza que ele acordava de manhã, e para se certificar de que ninguém entrou no quarto. Eu avisei para ele não tomar nada.”

Uri Gueller, amigo da onça! Só prejudicou Michael Jackson ao promover e vender um encontro entre o Rei do Pop com o jornalista Martin Bashir, outro infeliz!

Toda vez que ele quer aparecer na mídia, usa o nome de Michael Jackson… Ninguém nem lembra mais deste asqueroso.

Lyllyan

Fonte: Contact Music