Olá,

Enquanto alguns paulistanos fazem uma lista do que acompanhar na Virada Cultural 2014, neste final de semana, um grupo de jovens usa o Facebook para combinar uma série de roubos e furtos durante o evento.

O evento Virada Cultural Vila Curuça foi criado na última segunda-feira (12) na rede social e é ilustrado com a imagem de um revólver e cinco balas. 210 pessoas estão nesta página e quase 100 já se manifestaram com a intenção de praticarem crimes na Virada Cultural.

A Vila Curuçá fica localizada no extremo leste de São Paulo na divisa com o Itaim Paulista. Os membros do grupo afirmam que são moradores da região e pretendem ir até o centro de São Paulo e praticarem os roubos contra quem estiver acompanhando o evento.

 “Já vamu xega pegando o que quisé [Vamos chegar pegando o que quisermos]. É pisante [tênis] e telefone pro ano todo”, escreve um dos criadores do grupo. “Tô precisando de um Adidas verdão 40 ou 41. Dá um salvi [“dar um salve” é avisar, dar um oi] kem conseguir um kkkkkk”, pede uma das participantes. A o que outro responde: “Já é. Na segunda de manhã to vendendo por 300 [reais] no metrô Sé”. “É dia de alegria. Passô, levô”, escreveu um adolescente de 16 anos, usando “emoticons” (ou desenhos) de arma junto à frase.

“É só xega no Eletrônico [palco de música eletrônica, na rua Direita] que os boy vão tá tudo loko, e é só cola e leva tudo”, escreve outro, com a intenção de dizer que as pessoas ricas estarão bêbadas ou drogadas, facilitando os furtos e roubos.

Uma geração que não sabe escrever, não sabe expressar, não deve ter pais capazes de educá-los e ensinar o que é certo e errado, então se transformam em bandidos assassinos.

Como prestigiar a Virada Cultural? Não tem como…

Fonte:  Yahoo