Olá,

Os filmes “Trapaça”, de David O. Russell, e “12 Anos de Escravidão”, de Steve McQueen, foram os grandes vencedores do prêmio Globo de Ouro, premiação da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood. A cerimônia de quase três horas começou às 23h deste domingo (horário de Brasília).

O ator Chiwetel Ejiofor em cena do filme '12 Years a Slave', de Steve McQueen

O drama foi indicado em sete categorias entre os filmes dramáticos, mas acabou vencendo apenas a principal delas: o de melhor filme. Desbancou “Gravidade”, “Rush: No Limite da Emoção”, “Philomena” e “Capitão Phillips”.

O filme concorria também a melhor diretor (Steve McQueen), melhor ator em filme de drama (Chiwetel Ejiofor), melhor ator coadjuvante em filme (Michael Fassbender), melhor atriz coadjuvante em filme (Lupita Nyong’o), melhor roteiro (John Ridley) e melhor trilha original (Hans Zimmer). O filme estreia no país no dia 28 de fevereiro.

O longa conta a história de um negro livre que é sequestrado e vendido como escravo para uma fazenda do sul dos EUA e se confirma como um dos favoritos à premiação do Oscar, que acontece no dia 2 de março.

Entre as comédias o principal vencedor foi “Trapaça”. Indicado a sete prêmios, levou três deles: melhor filme, melhor atriz (Amy Adams) e melhor atriz coadjuvante (Jennifer Lawrence).

O filme estrelado por Christian Bale, Bradley Cooper, Amy Adams, Jennifer Lawrence e Jeremy Renner conta a história de um grupo de trapaceiros nos anos 1970 que se vê obrigado a cooperar com o FBI. O longa no Brasil no próximo dia 28.

O mexicano Alfonso Cuarón ganhou o Globo de Ouro de melhor diretor por seu trabalho em “Gravidade”, drama espacial protagonizado por Sandra Bullock.

Os outros prêmios nas categorias cinematográficas foram bem divididos. “Clube de Compras Dallas” levou dois (Matthew McConaughey, como melhor ator de drama, e Jared Leto, como melhor ator coadjuvante), “Ela” venceu o prêmio de melhor roteiro, “O Lobo de Wall Street” levou ao segundo Globo de Ouro para Leonardo DiCaprio (melhor ator em comédia ou musical; o primeiro foi por “O Aviador”, de 2004) e Cate Blanchett venceu por seu papel no drama “Blue Jasmine”, de Woody Allen.

Allen, inclusive, foi homenageado com o prêmio pelo conjunto da obra, mas ele não participou da cerimônia. Em seu nome, recebeu a estatueta a atriz Diane Keaton.

A cerimônia foi apresentada pelas comediantes Tina Fey e Amy Poehler, que iniciaram a transmissão com quase dez minutos de piadas que pareceram divertir, e não constranger, os presentes. Poehler, aliás, ganhou como melhor atriz por série cômica ou musical.

TELEVISÃO

A série “Breaking Bad”, que chegou ao fim no ano passado, teve a sua consagração final na premiação na noite de ontem, em Los Angeles. A atração, sobre um professor que vira traficante, levou a estatueta de melhor série dramática e de melhor ator para Bryan Cranston. “É um jeito carinhoso de se despedir da série”, disse Cranston ao receber o prêmio. O seriado estreia nesta terça na Record.

Atores consagrados e com longa carreira no cinema levaram prêmios por seus desempenhos em trabalhos para a TV: Michael Douglas por sua atuação como Liberace no telefilme “Behind the Candelabra”, Jon Voight como coadjuvante na série “Ray Donovan” e a britânica Jacqueline Bisset pelo seriado “Dancing on the Edge”.

Entre as comédias, o destaque foi “Brooklyn Nine-Nine”, que levou os prêmios de melhor série cômica ou musical e melhor ator em série cômica ou musical (Andy Samberg). A série trata do dia a dia de uma delegacia nova-iorquina.

Confira todos os vencedores da noite:

MELHOR FILME – DRAMA
“12 Anos de Escravidão” – dir. Steve McQueen
“Capitão Phillips” – dir. Paul Greengrass
“Gravidade” – dir. Alfonso Cuarón
“Philomena” – dir. Stephen Frears
“Rush: No Limite da Emoção” – dir. Ron Howard

MELHOR ATOR – DRAMA
Chiwetel Ejiofor – “12 Anos de Escravidão”
Idris Elba – “Mandela”
Tom Hanks – “Capitão Phillips”
Matthew McConaughey – “Clube de Compras Dallas”
Robert Redford – “Até o Fim”

MELHOR ATRIZ – DRAMA
Cate Blanchett – “Blue Jasmine”
Sandra Bullock – “Gravidade”
Judi Dench – “Philomena”
Emma Thompson – “Walt Nos Bastidores de Mary Poppins”
Kate Winslet – “Refém da Paixão”

MELHOR FILME – COMÉDIA OU MUSICAL
“Trapaça” – dir. David O. Russell
“Ela” – dir. Spike Jonze
“Inside Llewyn Davis – Balada de Um Homem Comum” – dir. Ethan Coen e Joel Coen
“Nebraska” – dir. Alexander Payne
“O Lobo de Wall Street” – dir. Martin Scorsese

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA OU MUSICAL
Amy Adams – “Trapaça”
Julie Delpy – “Antes da Meia-Noite”
Greta Gerwig – “Frances Ha”
Julia Louis-Dreyfus – “À Procura do Amor”
Meryl Streep – “Álbum de Família”

MELHOR ATOR – COMÉDIA OU MUSICAL
Christian Bale – “Trapaça”
Bruce Dern – “Nebraska”
Leonardo DiCaprio – “O Lobo de Wall Street”
Oscar Isaac – “Inside Llewyn Davis – Balada de Um Homem Comum”
Joaquin Phoenix – “Ela”

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Barkhad Abdi – “Capitão Phillips”
Daniel Brühl – “Rush: No Limite da Emoção”
Bradley Cooper – “Trapaça”
Michael Fassbender – “12 Anos de Escravidão”
Jared Leto – “Clube de Compras Dallas”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Sally Hawkins – “Blue Jasmine”
Jennifer Lawrance – “Trapaça”
Lupita Nyong’o – “12 Anos de Escravidão”
Julia Roberts – “Álbum de Família”
June Squibb – “Nebraska”

MELHOR DIRETOR
Alfonso Cuarón – “Gravidade”
Paul Greengrass – “Capitão Phillips”
Steve McQueen – “12 Anos de Escravidão”
Alexander Payne – “Nebraska”
David O. Russell – “Trapaça”

MELHOR FILME ANIMADO
“Os Croods” – dir. Kirk De Micco e Chris Sanders
“Meu Malvado Favorito 2” – dir. Pierre Coffin e Chris Renaud
“Frozen: Uma Aventura Congelante” – dir. Chris Buck e Jennifer Lee

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
“Azul é a Cor Mais Quente” – França
“A Grande Beleza” – Itália
“A Caça” – Dinamarca
“O passado” – Irã
“Vidas ao Vento” – Japão

MELHOR ROTEIRO
Spike Jonze – “Ela”
Bob Nelson – “Nebraska”
Jeff Pope e Steve Coogan – “Philomena”
John Ridley – “12 Anos de Escravidão”
Eric Warren Singer e David O. Russell – “Trapaça”

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
“Atlas” (Chris Martin, Guy Berryman, Jonny Buckland, Will Champion) – “Jogos Vorazes – Em Chamas”
“Let It Go” (Chris Martin, Guy Berryman, Jonny Buckland, Will Champion) – “Frozen: Uma Aventura Congelante”
“Ordinary Love” (Bono, The Edge, Adam Clayton, Larry Mullen, Jr., Brian Burton) – “Mandela”
“Please Mr. Kennedy” (Ed Rush, George Cromarty, T Bone Burnett, Justin Timberlake, Joel Coen, Ethan Coen) – “Inside Llewyn Davis – Balada de Um Homem Comum”
“Sweeter Than Fiction” (Taylor Swift, Jack Antonoff) – “One Chance”

MELHOR TRILHA ORIGINAL
Alex Ebert – “Até o Fim”
Alex Heffes Freedom – “Mandela”
Steven Price – “Gravidade”
John Williams – “A Menina que Roubava Livros”
Hans Zimmer – “12 Anos de Escravidão”

MELHOR SÉRIE DE TV – COMÉDIA OU MUSICAL
“The Big Bang Theory” – CBS
“Brooklyn Nine-Nine” – Fox
“Girls” – HBO
“Modern Family” – ABC
“Parks and Recreation” – NBC

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA OU MUSICAL
Zooey Deschanel – “New Girl”
Lena Dunham – “Girls”
Edie Falco – “Nurse Jackie”
Julia Louis-Dreyfus – “Veep”
Amy Poehler – “Parks and Recreation”

MELHOR ATOR EM SÉRIE – COMÉDIA OU MUSICAL
Jason Bateman – “Arrested Development”
Don Cheadle – “House of Lies”
Michael J. Fox – “The Michael J. Fox Show”
Jim Parsons – “The Big Bang Theory”
Andy Samberg – “Brooklyn Nine-Nine”

MELHOR ATOR EM MINI-SÉRIE OU FILME FEITO PARA TV
Matt Damon – “Behind the Candelabra”
Michael Douglas – “Behind the Candelabra”
Chiwetel Ejiofor – “Dancing on the Edge”
Idris Elba – “Luther”
Al Pacino – “Phil Spector”

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE – DRAMA
Julianna Margulies – “The Good Wife”
Tatiana Maslany – “Orphan Black”
Taylor Schilling – “Orange is the New Black”
Kerry Washington – “Scandal”
Robin Wright – “House of Cards”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE, MINI-SÉRIE OU FILME FEITO PARA TV
Josh Charles – “The Good Wife”
Rob Lowe – “Behind the Candelabra”
Aaron Paul – “Breaking Bad”
Corey Stoll – “House of Cards”
Jon Voight – “Ray Donovan”

MELHOR SÉRIE DE TV – DRAMA
“Breaking Bad” – AMC
“Downton Abbey” – PBS
“The Good Wife” – CBS
“House of Cards” – Netflix
“Masters of Sex” – Showtime

MELHOR ATOR EM SÉRIE – DRAMA
Bryan Cranston – “Breaking Bad”
Liev Schreiber – “Ray Donovan”
Michael Sheen – “Masters of Sex”
Kevin Spacey – “House of Cards”
James Spader – “The Blacklist”

MELHOR MINI-SÉRIE OU FILME FEITO PARA TV
“American Horror Story: Coven” – FX
“Behind The Candelabra” – HBO
“Dancing on the Edge” – Starz
“Top of the Lake” – Sandance Channel
“White Queen” – Starz

MELHOR ATRIZ EM MINI-SÉRIE OU FILME FEITO PARA TV
Helena Bonham Carter – “Burton and Taylor”
Rebecca Ferguson – “White Queen”
Jessica Lange – “American Horror Story: Coven”
Helen Mirren – “Phil Spector”
Elisabeth Moss – “Top of the Lake”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE, MINI-SÉRIE OU FILME FEITO PARA TV
Jacqueline Bisset – “Dancing on the Edge”
Janet McTeer – “White Queen”
Hayden Panettiere – “Nashville”
Monica Potter – “Parenthood”
Sofia Vergara – “Modern Family”

Fonte: Folha