Olá,

O polo tecnológico de Bangalone, maior cidade de  Karnataka, na Índia, criou um anel batizado de “Picada Feminina”, a fim de coibir a onda de estupros que ocorre no país.

Lançado no último sábado (14), o acessório faz parte da campanha “Save my Sister” (salve minha irmã) e  parece um anel comum, mas se olhado de perto é possível enxergar uma microagulha localizada em seu topo.

O compartimento abaixo dela contém capsaicina, um componente ativo da pimenta. Em caso de ataque, a moça poderá usar o anel para se defender. Quando a agulha penetra a pele, o veneno se espalha pelo corpo e o agressor começa a sentir um desconforto físico.

O veneno não causa morte, tem o poder apenas de desestabilizar o criminoso.

Deveriam lançar este anel no mundo inteiro.

Fonte: Virgula