Olá,

Os motoristas e cobradores da Viação Itaquera Brasil, que entraram em greve hoje em São Paulo, bloquearam na manhã desta quarta-feira (4) o acesso ao terminal Cidade Tiradentes, na zona leste. De acordo com a SPTrans (empresa responsável pelo transporte coletivo na cidade), passam pelo local cerca de 200 mil pessoas e nenhum coletivo entra ou sai do local.

Passageiros tentam usar ônibus em SP durante greve de motoristas; grevistas fecharam terminal Cidade Tiradentes

Hoje pela manhã nenhum dos 288 ônibus da viação saiu da garagem na rua João Cabral de Melo Neto. Com isso, as linhas que atendem principalmente as regiões Tatuapé e São Mateus ao centro foram afetadas pela paralisação.

Para evitar o impacto da paralisação, foi acionado o sistema Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) com 65 ônibus extras para atender cinco das 21 linhas operadas pela empresa.

Ainda não foi estipulada a multa para a empresa. De acordo com a SPTrans, o cálculo da punição à Viação Itaquera Brasil deverá ser feita ao longo do dia, pois depende da extensão da greve.

Os trabalhadores reivindicam o pagamento da PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

OAK TREE

Os funcionários da Viação OAK Tree, zona oeste de São Paulo, mantêm a greve, iniciada por volta das 14h de sábado (31). Eles reclamam de atraso nos pagamentos das férias, FGTS, PLR e tíquetes. 42 mil pessoas, diariamente, utilizam os ônibus da empresa.

A SPTrans acionou o sistema Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) com 45 veículos, para atender oito das nove linhas operadas pela empresa.

Ao todo, a empresa é responsável por 83 ônibus, que servem nove linhas de ônibus nas regiões do Rio Pequeno, Jardim Adalgiza, Jaguaré e Raposo Tavares.

A SPTrans informou que até ontem (3) a OAK foi multada em cerca de R$ 46 mil após os funcionários fazem a paralisação.

Fonte: Folha