Olá,

A queda nas vendas dos álbuns de Michael Jackson e simpatia tinha limitado seu potencial de ganhos nos anos que antecederam a sua morte, de acordo com depoimento de consultor da indústria de entretenimento na segunda-feira, 29/07/13.

(credit: Phil Klein-Pool/Getty Images)

Eric Briggs foi chamado para depor pelos advogados para a promotora de shows AEG Live no processo de morte por negligência apresentado pela família do cantor.

Em 15 de julho, um especialista trazido pela família Jackson disse que a morte do cantor causou uma perda de renda estimada entre US $ 1,1 e $ 1,5 bilhão, ganho em 37 meses de turnê, juntamente com as mercadorias, endossos e royalties de um show em Las Vegas.

Os advogados da promotora de shows apresentaram documentos conflitantes de que Michael Jackson teria ganho o valor estimado de $ 132.000.000 para 186 shows, muito menos do contador público Arthur Erk tinha estimado em seu depoimento.

Briggs passou os últimos dois dias de depoimento no tribunal questionando o número apresentado por Arthur Erk.

“Claramente, esse número é superior a que temos visto na história do mundo”, testemunhou Briggs.

“É totalmente fora de sintonia com a história, a própria história de Michael Jackson, a história de todos os outros shows”, ele passou a dizer.

Briggs produziu um gráfico que mostrava que a simpatia do cantor tinha diminuído ao longo dos anos. Juntamente com a queda nas vendas de álbuns, Briggs disse que esses fatores tiveram capacidade limitada de que Michael Jackson pudesse ganhar dinheiro com os patrocínios e endossos.

Ambos os lados têm criticado os peritos chamados pelo conselho de oposição.

“Eles tentaram trazer um especialista que era um contador que nunca trabalhou no ramo de turismo”, disse o advogado da AEG Live Marvin Putnam. “Este homem não tem experiência na área e quando chegarmos a interrogá-lo a verdade com sair.”

A questão da perda de renda do cantor continuará na terça-feira como os advogados da AEG seguindo com sua defesa. O julgamento deve durar até setembro.

Já que Michael Jackson tinha perdido a simpatia de seus fãs, não vendia mais álbuns, não iria ganhar mais de US$ 1 bilhão com está turnê porque a AEG queria tanto fazer 50 shows com ele? Porque a AEG iria ficar neste prejuízo todo?

Pelos advogados da AEG seria praticamente um fracasso, então porque insistiram tanto? Porque não contrataram a Celine Dion como um dos executivos da AEG disse que ela é maior que Michael…

E porque depois da morte de Michael, não contrataram a Celine para eles ganharem um fortuna?

Esta AEG e seus advogados pensam que só existe bobo neste mundo…

Lyllyan

Fonte: CBS Los Angels