Olá,

Michael Jackson terá gasto, em 15 anos, cerca de 26 milhões de euros para comprar o silêncio de pelo menos 24 rapazes de quem terá abusado sexualmente, segundo ficheiros secretos do FBI, aos quais o Sunday People terá tido acesso.

Michael Jackson  (foto AP)

De acordo com o Sunday People, os documentos – dos casos CADCE MJ-02463 e CR 01046 – não terão chegado à acusação durante o julgamento do Rei da Pop, em 2005, no qual foi absolvido de ter molestado uma criança.

Destes ficheiros, alegadamente, fazem parte milhares de páginas com provas que recuam até 1989, indicando que Michael Jackson teria abusado de crianças, algumas vezes mesmo debaixo do nariz dos pais delas. Os documentos do FBI incluem relatórios de investigações privadas, transcrições telefônicas e horas de fitas de áudio.

Os ficheiros descrevem, por exemplo, como uma vez o cantor norte-americano foi apanhado em flagrante por um membro do próprio quadro de funcionário enquanto assistia a um filme pornográfico e abusava de uma criança e acariciava outra no seu cinema privado, com a mãe de um dos jovens sentada umas filas à frente.

Ironicamente, muitos destes relatórios na posse do FBI tinham sido encomendados pelo próprio Michael Jackson que, com medo que os pais o pudessem denunciar, contratou um detetive privado, Anthony Pellicano, para encontrar potenciais “esqueletos no armário” do cantor e assegurar-se que permaneciam longe dos holofotes.

No entanto, em 2002, Anthony Pellicano foi investigado pelo FBI que apreendeu todos os seus ficheiros, incluindo os referentes a Michael Jackson.

Michael Jackson seduziu “meninos perdidos” no mundo da fantasia sórdida escondido dos pais

Estas revelações só estão vindo à tona após a acusação de Wade Robson, portanto fica bem claro quem está por trás de tudo isto, Wade Robson tendo fazer com que ele não está mentido e existem outras vítimas.

Se Michael Jackson era este “monstro” porque não o acusaram enquanto estava vivo? Porque não aproveitaram o julgamento de 2005? Palhaçada!

Lyllyan

Fonte: A Bola