Olá,

Howard Weitzman, advogado do espólio de Michael Jackson, disse ao site norte-americano TMZ nesta quarta-feira (8) que a acusação do coreógrafo Wade Robson é “ultrajante e patética”.

0507-wade-robson-michael-jackson-tmz

Wade Robson, de 30 anos, alega que Michael Jackson abusou sexualmente dele na infância. O TMZ teria obtido documentos judiciais em que Wade, que já trabalhou com Britney Spears, Pink e outros artistas, pede indenização aos donos do espólio do cantor.

“Este é um jovem que testemunhou pelo menos duas vezes, sob juramento, ao longo dos últimos 20 anos e disse em várias entrevistas que Michael Jackson nunca fez nada impróprio para ele ou com ele”, afirmou Weitzman.

“Agora, quase quatro anos depois que Michael morreu, esta triste e menos do que credível acusação foi feita. Estamos confiantes de que o tribunal vai ver isso do jeito que é”, completou.

Wade teria conhecido Michael Jackson aos 5 anos. Aos 7 anos, ele começou a dormir algumas vezes no rancho Neverland e outras casas de Michael em Los Angeles e Las Vegas. O contato durou até Wade completar 14 anos.

Em processo judicial de 2005, de acordo com o TMZ e com reportagem do “New York Times” da época, Wade negou ter sofrido abuso sexual por Michael Jackson. No mesmo processo, a ex-empregada do cantor teria dito que viu os dois tomando banho juntos quando o coreógrafo tinha 8 ou 9 anos.

Coreografo faz acusação póstuma a Michael Jackson por abuso sexual

Eu sei que violência só gera violência, mas se eu encontrasse este Wade Robson na rua, juro que eu lascaria a mão na cara de pau e deslavada dele… Ai que ódio!!!

Lyllyan

Fonte: TMZ e G1