Olá,

O novo álbum de Carla Bruni-Sarkozy está causando polêmica por conter uma música que fala de seu namoro com o vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger. Bruni ainda canta sobre seu relacionamento com seu marido, Nicolas Sarkozy, e fala mal do atual presidente da França, François Hollande. As informações são do site The Hollywood Reporter.

A ex-primeira dama da França canta sobre seu estilo de vida boêmio enquanto namorava Mick Jagger em “At Keith and Anita”s Place”. A faixa fala sobre um dia de sonho com Jagger, com o guitarrista dos Rolling Stones, Keith Richards, e sua ex-namorada, Anita Pallenberg. “Alguém está rolando um baseado. Oh não! Eu não fumo. Estamos na casa de Keith e Anita”, diz a letra da música.

Em “O Pinguim”, Bruni usa um apelido francês para alguém que é visto bem vestido, mas não possui graça e boas maneiras. A música foi interpretada como um ataque velado ao atual presidente da França, François Hollande, embora Bruni tenha alternadamente admitido e negado que a música seja sobre o político.

“Ele assume os ares de um rei, mas eu sei que o pinguim não tem as maneiras de um senhor”, canta. Carla disse se sentiu menosprezada quando Hollande teria pulado o passeio habitual com o casal no Palácio Elysee para ficar no jardim para posar para fotos.

“Ei pinguim, você parece sozinho em seu jardim”, diz a letra. “Se um dia você cruzar meu caminho, eu vou te ensinar a beijar minha mão”.

O lançamento do álbum vem em meio às acusações de corrupção do governo de Sarkozy. Uma investigação formal foi aberta em 21 de março na França, mesma noite em que Bruni fez uma aparição no Echo Awards na Alemanha.

A cantora subiu ao palco e, em uma demonstração de apoio, interpretou “Mon Raymond”, uma homenagem a Sarkozy que também está no novo trabalho.  Na letra da canção, Carla chama o marido de “sentimental, mas complexo” e “elétrico”.

Este é o quarto álbum de Bruni e primeiro desde 2008. A cantora colocou a sua carreira musical em espera durante o tempo de Sarkozy na presidência e durante sua gravidez da filha Giuliana, em 2011.

Ela poupou os paparazzis de descobrir…

Fonte: UOL