Olá,

O pai de Lindsay Lohan, Michael Lohan, está apavorado por achar que sua filha estará morta em um ano, caso não vença a batalha contra o vício.

Michael, que há anos insiste que Lindsay, 26, precisa de ajuda para vencer seus problemas com a bebida e as drogas, admite que está constantemente à espera de uma notícia ruim sobre a atriz e está convencido de que ela terá uma overdose,  se ela não ficar conseguir se reabilitar.

Falando da cantora britânica Amy Winehouse, que morreu aos 27 anos em julho de 2011, papai Lohan disse: “Eu odeio para se referir a Amy Winehouse, mas ela era tão talentosa, não ouviu ninguém e acabou falecendo. Não quero que isso aconteça com a minha filha. Lindsay fará 27 anos em julho. Quantas outras crianças já morreram de overdose com essa idade? É um medo que fica na minha cabeça. Estou sempre com o telefone ao meu lado”, disse Lohan à revista More!.

Michael se culpa pelos problemas de Lindsay por achar que suas dificuldades começaram depois que ele se divorciou da mãe da atriz,  Dina, em 2007, no mesmo ano, ela foi presa duas vezes e foi para a reabilitação três vezes.

“Foi ruim para Lindsay quando me divorciei de Dina, então é claro que eu me sinto culpado. Olho para fotos de quando ela tinha 18 anos, antes do meu divórcio e de quando ela filmou Garotas Malvadas e então olho fotos mais recentes e elas contam uma história triste.”

Lohan diz que ficou com “o coração partido” ao ver o quão frágil Lindsay parecia ser quando esteve no tribunal, na semana passada.

“Vê-la assim foi horrível. Fiquei de coração partido quando a abracei no quarto do hotel, logo após a audiência, não é a mesma Lindsay que costumava abraçar.”

Para o pai estar preocupado é porque a coisa está feia.

Fonte: O Fuxico