Olá,

Soa um pouco estranho, mas Conrad Murray – que já foi condenado e cumpre pena por ter matado Michael Jackson – vai exercer o seu direito pela quinta vez contra a auto-incriminação no  processo de Katherine Jackson contra AEG.

0221conrad_murray

A mãe de Michael está processando a AEG, alegando que a companhia foi negligente contratado e supervisionado Murray, que resultou na morte de seu filho. Katherine intimou Murray para explicar o seu acordo com a AEG.

Fontes ligadas ao caso contaram ao TMZ que a advogada de Murray, Valerie Wass, quer arquivar os documentos oficiais argumentando que esta atitude é atraente por causa da condenação de Murray e é provável que ele volte a ser julgado. Se isso acontecer, o que ele disser ainda poderia ser usado contra ele, assim Wass quer Murray mantenha sua boca fechada.

Isto tudo é muito louco, já que Murray já cumpriu quase um ano e meio. No momento em que o seu caso é apelado, ele provavelmente vai estar fora.

Com ainda tem coisa escondida neste caso, não?!

Lyllyan

Fonte: TMZ