Olá,

Os jurados condenaram o policial militar reformado Mizael Bispo por 20 anos pelo assassinato de Mércia Nakashima nesta quinta-feira (14) em julgamento no Fórum de Guarulhos, na Grande São Paulo. A vítima foi morta no dia 23 de maio de 2010 em uma represa na cidade de Nazaré Paulista.

Mizael foi condenado por um júri de cinco mulheres e dois homens em julgamento que durou quatro dias na cidade de Guarulhos. Este foi o primeiro julgamento transmitido por tempo real via rádio e internet.

Durante a leitura da sentença, o juiz Leandro Bittencourt Cano apresentou os agravantes do crime torpe. A acusação do caso afirmou que Mizael estava com um sentimento de humilhação com o fim do relacionamento. “Muitos crimes são cometidos em nome do amor, que mas que tipo de amor é esse?”, indagou e depois completou: “Quando é amor o que se sente, não há o mínimo desejo de se livrar da pessoa amada”, finalizou.

Além do policial reformado, também é acusado pelo assassinato de Mércia Nakhasima, o vigia Evandro Bezerra da Silva preso no presídio de Tremembé 2 e irá a júri popular em 29 de julho. Inicialmente, o segundo acusado deveria estar no Fórum de Guarulhos com o condenado, mas a defesa de Bezerra pediu para que os julgamentos fossem desmembrados.

Durante os quatro dias, os jurados ouviram os depoimentos de nove testemunhas (cinco da acusação e três de defesa – que dispensou duas), além do réu. Nesta quinta-feira, durante toda a manhã ocorreu o debate entre promotoria e advogados de Mizael. E no meio da tarde, os jurados foram levados para a sala secreta e definiram o futuro de Bispo.

Para condenar Mizael Bispo, os jurados responderam seis questões formuladas pelo juiz do caso.

1 – No dia 23 de maio de 2010, em horário precisamente ignorado, mas entre as 19 e 21h, no interior das águas do reservatório denominado por “Represa Atibainha”, próxima da Rodovia Juvenal Ponciano de Camargo, antigamente conhecida como Estrada Velha Guarulhos-Nazaré, altura do km 51, bairro Cuiabá, em Nazaré Paulista/SP, a vítima Mércia Mikie Nakashima veio a falecer por afogamento, conforme laudo de exame de corpo de delito?

2 – O réu Mizael Bispo de Souza concorreu para o crime acima descrito, na medida em que praticou todos os atos executórios descritos na denúncia?

3 – O jurado absolve o acusado?

4 – O crime foi cometido por motivo torpe, em razão da insatisfação com o rompimento do relacionamento amoroso?

5 – O crime foi cometido com emprego de meio cruel, decorrendo dos disparos efetuados em regiões não vitais do corpo humano, mormente com a nítida intenção de provocar na vítima sofrimento intenso e desnecessário?

6 – O crime foi cometido mediante a utilização de recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima, consistente na dissimulação?

Cronologia do Caso Mércia Nakashima

10 de junho de 2010 – Mércia Nakashima participa de almoço de família na casa de sua avó, em Guarulhos (SP), e desaparece após ir embora. Mais tarde seu carro é encontrado na represa de Nazaré Paulista, após denúncia feita à família

11 de junho de 2010 – Pescador encontra o corpo de Mércia na represa de Nazaré Paulsita e avisa a polícia

10 de julho de 2010 – Principal suspeito do crime, o ex-namorado Mizael Bispo de Souza tem prisão temporária decretada. Medida é suspensa quatro dias depois

18 de outubro de 2011 – Começa o julgamento em Guarulhos (SP). Além de Mizael e Evandro outras 21 testemunhas são ouvidas

7 de dezembro de 2011 – Justiça decreta prisão preventiva de Mizael e Evandro Bezeera da Silva, acusado de ser cúmplice, e decide levá-los ao júri. Os dois não se entregam

24 de fevereiro de 2012 – Após mais de um ano foragido, Mizael se entrega à polícia e é preso

23 de junho de 2012 – Evandro é preso em um povoado em Candú, Alagoas

14 de fevereiro de 2013 – Justiça desmembra o caso em dois julgamentos, fazendo com que Mizael e Evandro sejam julgados separadamente

11 de março de 2013 – Começa o julgamento de Mizael em Guarulhos (SP)

14 de março de 2013 – Mizael Bispo é condenado a 20 anos de pris

14 de março de 2013 – Mizael Bispo é condenado a 20 anos de prisão.

Só 20 anos? Deveria apodrecer na cadeia juntamente com um monte leões para fazer igual o que ele fez .

Fonte: Yahoo