Olá,

O Super Bowl é famoso no mundo afora pelos números estratosféricos que envolvem o evento. Um dos mais impressionantes é o preço de um anúncio de 30 segundos na rede de tevê que transmitirá o jogo: cerca de US$ 4 milhões (R$ 7,9 milhões).

O valor é assustador, mas se justifica. Afinal de contas, a audiência do Super Bowl nos Estados Unidos é avassaladora. Na edição do ano passado, nada menos do que 111 milhões de pessoas viram a partida no país, marca que muito provavelmente será superada neste domingo. Por causa disso, as empresas que têm a oportunidade de anunciar durante o jogo criam peças publicitárias especiais, exclusivas para o Super Bowl. Esses anúncios acabam gerando quase tanta expectativa quanto a partida, o que valoriza ainda mais a marca divulgada.

No começo deste ano, Leslie Moonves, CEO da CBS, anunciou que todos os espaços comerciais da decisão haviam sido vendidos. A rede vai transmitir a partida com exclusividade para os Estados Unidos (no Brasil, o Super Bowl será exibido pelo canal ESPN). É feito um rodízio entre as emissoras que possuem os direitos de transmissão da NFL para definir quem exibirá a grande final. Neste ano, a vez é da CBS.

A NBC e Fox, que transmitirá o evento no ano que vem, são as outras redes que têm os direitos do campeonato.

Além dos comerciais, outra tradição do Super Bowl são os shows musicais que ocorrem no intervalo da partida. Entre o fim do primeiro tempo e o começo da etapa final, uma gigantesca equipe de produção entra em campo e em poucos minutos monta o palco para a festa.

Ser convidado para cantar no intervalo do Super Bowl é uma honra para qualquer artista, mesmo para os mais famosos do planeta. Já tiveram essa chance nomes como Michael Jackson, Black Eyed Peas, Rolling Stones, Paul McCartney, U2, Whitney Houston, Madonna e Mariah Carey, entre outros. Desta vez, os fãs do futebol americano poderão apreciar o talento de Beyoncé. A cantora já participou do evento, mas interpretando o hino americano antes do Super Bowl XXXVIII, realizado em Houston, em 2004. Hoje, caberá a Alicia Keys a responsabilidade de cantar o hino.

Se um dia tiver a oportunidade, quero assistir bem de pertinho a final do Super Bowl.

Lyllyan

Fonte: Estadão