Olá,

Uma história de amor para derreter até o mais gelado dos corações. Um casal de pinguins namora à distância e se mantém junto há quase duas décadas. Eles são forçados a migrar quase 10 mil quilômetros todos os anos durante o verão, os pinguins viraram um símbolo de amor duradouro e fantástico.

O casal de pinguins vive no frio da Patagônia e se encontram a cada seis semes (Reprodução/The MIrror

O especialista nesse tipo de pássaro Dr. Pablo Garcia Borboroglu diz que os pinguins magellanico costumam ficar juntos por 5 a 10 anos no máximo. “A ligação desses dois é incrível”, observa. “Eles são um casal muito fiel. A cada temporada de acasalamento, eles retornam para o mesmo ninho e para os mesmo parceiros. É uma história muito bonita”, diz.

O estudo que já duram 30 anos descreve a rota dos pinguins que moram na região da Patagônia Argentina. Sabe-se que durante os seis meses de inverno, eles nadam para alguma praia distante, para fugir do frio, e retornam apenas durante o verão do ártico. Geralmente, esse tipo de pássaro procura um novo parceiro se ele morrer ou se eles se “divorciarem”. Mas esses dois pinguins insistem em permanecer juntos.

Dr. Borboroglu  acrescenta que depois do periodo de incubação, que dura em torno de seis semanas, os ovos se racham, e a família permanece junta por um mês. “É inacreditável como eles conseguem manter essa ligação”, completa.

Que coisa mais linda!!!

O ser humano deveria fazer estágio com os pinguins e com as araras azuis para aprender a ser fiel e leal ao companheiro(a).

Fonte: Virgula