Olá,

O escritor norte-americano Randall Sullivan – que acaba de lançar o livro biográfico “Untouchable”, sobre o cantor Michael Jackson – revelou em entrevista ao jornal The New York Times que existem evidências de que o Rei do Pop “tenha morrido virgem aos 50 anos”.

Embora Sullivan reconheça que as indicações dadas por um garoto em 1993 sobre os detalhes de um relacionamento sexual com Michael Jackson sejam “inquietantes”, o escritor é da opinião de que o cantor possa ter sido “assexuado”.

“De todas as respostas que alguém possa oferecer à questão central envolvendo a memória de Michael Jackson, a melhor sustentada pelas evidências é que ele tenha morrido virgem aos 50 anos, sem nunca ter tido relações sexuais com qualquer homem, mulher ou criança, em um estado especial de solidão, que em grande parte o fez único como artista e tão infeliz como ser humano”, declarou o autor.

Entretanto, Sullivan não apresenta nenhuma evidência persuasiva dessa teoria em seu livro “Untouchable”. Uma de suas fontes mais acionadas ao longo da narrativa, inclusive, é o advogado Tom Mesereau, que em 2005 livrou Michael Jackson de outras acusações de pedofilia.

O livro tem seu foco nos problemas atravessados pelo cantor ao longo de sua carreira, especialmente em seus últimos anos de depressão antes da morte. A obra foi oficialmente lançada nesta semana nos Estados Unidos.

A cada trecho deste livro, fico mais convicta que este Randall Sullivan não sabe nada da vida de Michael Jackson e ainda fica no “achismo”.

Lyllyan

Fonte: Jornal do Brasil