Olá,

Apreciadores do malte e da cevada, os alemães da Universidade de Munique divulgaram dados de um estudo com corredores que consumiram de um a dois litros de cerveja sem álcool diariamente, durante as três semanas que antecederam uma maratona.

Depois da prova, continuaram a dieta com a bebida. O grupo de beberrões apresentou um número alto das células T, o que demonstra um sistema imunológico quase que blindado e três vezes menos indícios de infecções respiratórias pós-prova. O segredo é que a composição da cerveja contém grãos que, entre outras funções, afastam o resfriado.

Segundo a nutricionista esportiva Heloisa Muniz, o levedo de cerveja utilizado na fabricação da bebida possui diversas vitaminas, em especial, as do complexo B, que são responsáveis por melhorar a imunidade, resistência física e reduzir o stress e a fadiga.

Atletas e praticantes de atividade física se beneficiam do uso do levedo de cerveja, melhorando o desempenho físico e mental e evitando faltas ao treinamento por conta de gripes e resfriados.

Devido à presença da vitamina B em sua composição, ajuda a melhorar a aparência da pele, auxiliando, inclusive, nos casos de acne.

A vitamina também é utilizada nos casos de falta de memória e concentração, irritação, stress e depressão.

Além do complexo B, o levedo de cerveja contém ainda: vitamina A, cromo, zinco, cálcio, ferro, fósforo e selênio, além de proteínas e carboidratos complexos.

Então, vou morrer resfriada… Rs

Fonte: Virgula