Olá,

Os metroviários de São Paulo decidiram aceitar as propostas do Metrô e descartaram a paralisação que estava prevista para amanhã, 24/10/12. A empresa aceitou parte das propostas feitas pelos funcionários durante audiência no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) durante a tarde desta terça-feira (23).

Uma delas é o pagamento da bonificação referente à participação nos lucros/resultados da empresa, a maior reivindicação do sindicato, será proporcionalmente a mesma para todos os funcionários. O Metrô, que propôs mudar a data de pagamento da bonificação para abril, mudou de ideia e fará o depósito em fevereiro.

A partir de agora, a participação nos lucros da empresa seguirá uma regra única para todos os funcionários. O valor será de R$ 3.251,15 mais 40% do salario nominal para todos os empregados. O sindicato criticava a bonificação de até 80% para 400 pessoas que ocupam cargos de diretoria na empresa. Com a nova regra, o menor salário extra será no valor de R$ 4.140,63.

A proposta inicial do sindicato era dividir o valor do lucro igualmente para todos os funcionários.

O Metrô também aceitou negociar durante 30 dias a equiparação de salários e jornadas na empresa. O sindicato afirma que muitos trabalhadores que ocupam as mesmas funções e ganham salários diferentes e trabalham em em cargas horárias de 36 ou 40 horas.

metroviarios-adiam-greve-para-o-dia-241012

Menos um problema.

Fonte: Folha