Olá,

Mítico vocalista dos Queen acabou por perder oportunidade de ouvir a sua voz em “Thriller”, um dos mais celebrados álbuns do rei da pop, porque se fartou do animal de estimação.

Freddie Mercury e Michael Jackson não chegaram a gravar um dueto porque o rei da pop insistiu em levar uma Lhama, seu animal de estimação para os estúdios. O tema deveria ter feito parte de “Thriller”, um dos álbuns mais celebrados do rei da pop. “Estou a atuar com uma Lhama!”, teria dito Mercury ao seu manager antes de desistir da colaboração.

A revelação foi feita no documentário “The Great Pretender – An Imagine Special”, exibido ontem pela BBC1, que mostra o tema “There Must Be More to Life Than This”, outra colaboração que acabaria por ser incluída, sem a voz de Michael Jackson, em “Mr. Bad Guy” , primeiro álbum a solo do vocalista dos Queen.

Outro dueto da dupla, nunca editado, está disponível para audição: “State of Shock” seria depois regravado por Michael Jackson com Mick Jagger, dos Rolling Stones, e incluído no álbum Victory , editado pelos Jacksons em 1984.

No mesmo documentário, que promete revelações sobre a vida íntima de Mercury, conta que o grupo estava preso num elevador quando souberam que “Bohemian Rhapsody”  tinha se tornado o número um.

A biografia de Mercury começa a ser filmado no próximo ano e deverá chegar às salas de cinema – com Sacha Baron Cohen, ator que se tornou conhecido como Borat e Ali G, como protagonista – em 2014.

Eu sou suspeita de comentar qualquer coisa sobre Freddy Mercury e Michael Jackson, pois amo os dois.

Lyllyan

Fonte: Blitz