Olá,

O cineasta Spike Lee – que acaba de lançar Bad 25, documentário que examina o clássico álbum Bad, de Michael Jackson – falou sobre a pressão que sentiu ao fazer um filme sobre o rei do pop.

Cineasta dirigiu documentário sobre um dos discos do astro. Foto: Getty Images

“A vida de Michael afeta profundamente as pessoas. Elas sentem falta dele. Sua morte foi confusa e deixou tudo desarrumado”, afirmou. “Mas é uma pressão boa! Não posso decepcionar o público”, disse ao jornal The Sun.

“MJ tocou muita gente. Eu sou um cineasta, amo o que faço e cresci admirando e amando Michael Jackson. Eu o vi em 1969 na TV. Ele mostrou um lado afro marcante que me fez querer ser como ele”, completou o diretor.

Bad 25 está sendo lançado oficialmente nesta terça-feira (25) nos Estados Unidos e na Europa. No Brasil, ainda não tem previsão de estreia.

Como sempre, no Brasil nada chega com rapidez.

Fonte: Terra