Olá,

Colaboradora: Mandy Nx Jackson

Aos 14 anos, Paris Jackson é em muitos aspectos uma típica adolescente, navegando pelas panelinhas da escola, ouvindo música, twittando às três da manhã. Exceto por uma coisa: seu pai era Michael Jackson. E agora, três anos depois de sua morte, ela está pronta para dar o passo para o spotlight em nome de um papel em um filme-apenas uma das decisões que podem ter levado a brigas familiares públicas neste verão. Se perguntando quem a verdadeira Paris é? Conheça enquanto ela passa um tempo com a Glamour.

Alguns famíliares queriam que ela esperasse para se tornar atriz.

Paris conta que: “Muita gente não quer, sua tia Janet Jackson disse: ‘Ela tem o resto de sua vida adulta para ser a atriz que ela quer ser – Sua infância, você perde completamente’ mas a tia La Toya acredita em mim. Ela me ouviu tocar um pouco de violão e cantar, e ela começou a bater palmas, ‘Oh meu Deus, oh meu Deus.’ Ela realmente me encoraja. É fantástico da parte dela.”

Ela está determinada a provar seu talento.

“Eu amo meu pai, e eu tenho orgulho de ser sua filha. Eu só não acho que o título de “filha do MJ” é para mim. Muita gente acha que ele é a única razão para eu estar fazendo isso, mas eu quero mostrar que eu tenho talento e que eu posso fazer se eu tentar. Quero ser a minha própria pessoa.”

Ela se recusa a seguir a multidão.

“A panelinha na minha turma, eles não gostam de mim ou do meu amigo porque não somos como eles. Nós não somos copycats (alguém que segue o que os outros fazem). Prince me chama de gótica, mas eu sou mais rock ‘n’ roll. (Eu escuto músicas antigas como AC/DC, Phil Collins). Várias crianças na escola tiram sarro de mim; se eu tivesse que dar conselhos a outras meninas, eu diria, “Tudo vai ficar bem e ignore eles”. Eles não deveriam intimidar você, não importa o quão popular eles pensam que são”.

A entrevista completa sai dia 11 de setembro.

Fonte: Number Ones