Olá,

O dicionário Michaelis define a palavra “cover” da seguinte maneira: “indivíduo que é ou se faz sósia de alguém, geralmente para alguma atividade profissional”. Sendo a atividade profissional a política, a definição cai como uma luva para vários candidatos ao cargo de vereador nas eleições 2012.

Os candidatos “covers” vestem roupa e personalidade de famosos de diversas áreas. É uma maneira de se destacar no oceano de mais de 440 mil concorrentes em todo o Brasil.

Se a definição de “cover” for ampliada para o universo da ficção, os números crescem assustadoramente. Só do seriado Chaves, são mais de 120 candidatos, segundo levantamento informal do Fórum Chaves, espaço de discussão que reúne adoradores da longeva série.

Mas o eleitor vai ser convencido? O cientista político Lúcio Rennó, da Universidade de Brasília, acredita que não, salvo exceções. “O Tiririca tem seu nome reconhecido, o que é diferente de você assumir outra personalidade para aumentar sua chance”, opina.

Não há nada na legislação que impeça que um político se associe a um famoso no nome. O artigo 12 da chamada Lei das Eleições estabelece apenas que o nome não deve deixar dúvidas quanto a quem é o candidato, não pode atentar contra o pudor nem ser ridículo ou irreverente.

“E se o candidato é de fato conhecido pelo nome, supõe-se que este não seja então tão ridículo ou irreverente”, explica o advogado especializado em direito eleitoral, Alexis Vargas, do escritório QLD.

Parece, mas não é:

Michael Jackson Cover de RS

Michael Jackson Cover, candidato a vereador em Alvorada (RS), nas eleições em 2012

Esse tem cover até no nome. A foto ao lado não deixa espaço para dúvidas: Renato de Oliveira Bettanin, 45 anos, não ostenta na urna apenas o mesmo nome do Rei do Pop.

Como cover, tem uma carreira bastante consolidada no show business, tendo se apresentado em vários programas de televisão. As apresentações estão em vídeo no Youtube.

Seu programa de governo se centra no incentivo à cultura.

Renato não é, no entanto, o único possível vereador pop do brasil. Existem pelo menos outros 6 candidatos que levam o nome Michael Jackson. Em Campo Grande (MS), um deles usa também a palavra cover.

Seu Madruga de Cotia (SP) – PSDC

Seu Madruga de Cotia, candidato a vereador em Cotia (SP) nas eleições 2012

Um dos inúmeros candidatos relacionados ao universo do seriado Chaves é Pedro Monteiro, 57 anos. Há mais de dois anos como cover do Seu Madruga, foi entrevistado em vários programas de TV, incluindo o Ratinho. Em um vídeo, postado por ele mesmo, o então futuro candidato é jogado na água.

Na foto ao lado, ele mostra onde irá, se eleito, batalhar por uma pista de skate na região de Jardim São Miguel, em Cotia, na Grande São Paulo. Com o pé quebrado, tem feito a campanha nas ruas com o auxílio de muletas e afirma que sua principal preocupação é com a área social.

Pedro Monteiro é talvez o mais famoso do grupo de 18 “Seu Madrugas” registrados no TSE, embora algumas candidaturas tenham sido indeferidas pela Justiça Eleitoral.

 Filipe, candidato a vereador em Piracicaba (SP) nas eleições 2012, que se traveste de Kiko, do seriado Chaves

Filipe (Piracicaba- SP) – PV

Filipe é o único candidato desta galeria cujo nome não diz nada. A foto ao lado, no entanto, não deixa dúvida sobre qual é o personagem em questão. Alguns de seus materiais de divulgação usam inclusive o bordão do menino mimado da vila de Chaves: “Diz que sim, diz que sim, vai… Siiiim?”.

Apesar das imagens vestidos de Kiko, Filipe Zannuzio Blanco, de 28 anos, professor de sociologia da rede pública, não vive do personagem nem sai por aí com as roupas de criança, como mostram dois vídeos no Youtube em que detalha suas propostas para os animais, saúde e cultura.

Obama BH (MG) – PRB

 

Este é um Barack Obama que cursa aulas de inglês, aos 44 anos.

Funcionário público da área de saúde, Gerson Januário de Almeida tem aproveitado desde a eleição de Obama, em 2008, para aparecer em reportagens jornalísticas e de TV, que posta no Facebook. Segundo ele, foram turistas norte-americanos no Rio que o descobriram, naquele mesmo ano.

Em seu blog, o candidato declara que vai a eventos culturais como sósia do presidente, sempre acompanhado de uma faixa presidencial.

Seu programa político é focado na área de saúde.

O candidato de BH está longe de ser o único Obama brasileiro: em Dias D’Ávila (BA), Barata Obama (PTB) concorre a uma vaga de vereador; em Aramari (BA), quem pleitea o cargo é Barack Obama, nenhuma letra a mais, nenhuma letra a menos.

Santinho Bin Laden (Guapimirim-RJ) – PT do B

 Santinho Bin Laden, candidato a vereador em Guapimirim (RJ) nas eleições 2012

Se alguém imaginar que o candidato “cover” de Obama tenta fisgar um pouco da respeitabilidade do presidente norteamericano, fica difícil manter o mesmo raciocínio para os tantos Bins Ladens que se espalham pelo Brasil.

Pelo menos 20 candidatos usam o nome ou alguma variação próxima do que foi, por uma década, o mais procurado terrorista do mundo. Já a quantidade de Obamas é de 16. Nos dois casos, no entanto, algumas poucas candidaturas foram rejeitadas pela justiça eleitoral.

Não é difícil supor o que valeu o apelido ao homem da foto ao lado, Antonio Honorato Caetano, de 58 anos.

Em blog montado por um colega de partido, ele apresenta suas ideias. “Quero ser eleito e não pretendo fazer muita coisa, pois o que um vereador tem a fazer são apenas poucas coisas”, escreve. Entre as poucas coisas, ele enumera fiscalizar a coisa pública e os pares, “para que não caiam em tentação”, além de “apresentar projetos de leis”.

Geraldo Wolverine (Piracicaba-SP) – PP

Geraldo Wolverine, candidato a vereador em Piracicaba (SP) nas eleições 2012 

Um dos concorrentes de Kiko a uma das 23 vagas de vereador em Piracicaba é Geraldo Wolverine. É outro exemplo de candidato que se veste como o personagem apenas em alguns momentos. Fotos de sua página no Facebook mostram que até mesmo as costeletas não são permanentes.

Seu material de campanha, como este que se vê ao lado, deixa claro que a alusão ao herói da Marvel não está somente no visual, mas nas atitudes, como prova o vídeo do “grito da insatisfação” contra os atuais políticos.

Geraldo Antônio Custodio, 38 anos, é instrutor de autoescola e promete lutar pelos direitos dos instrutores, pela volta do encontro de motociclistas em Piracicaba e contra a homofobia e racismo.

Raul Seixa de itu (Itu-SP) – PT

Raul Seixas de Itu, candidato a vereador no município paulista nas eleições 2012

Davi Barbosa dos Santos, 57 anos, foi eleito em 2004, mas não conseguiu se reeleger em 2008 para o cargo que tenta novamente agora.

Sua campanha consiste em se assemelhar ao máximo com o compositor Maluco Beleza para cativar a população. Munido deste look e de uma bicicleta, ele sai pelas ruas de Itu. Desta vez, no entanto, sua candidatura, que já foi aceita pela Justiça Eleitoral, corre perigo: um pedido de impugnação ainda está sendo analisado.

Assim como em eleições anteriores, Davi não está sozinho e outros Rauls se espalham pelo país, com algumas variações. Em Belo Horizonte, por exemplo, concorre Cláudio RaulSeixista (PSDB).

Os candidatos que mostram sua verdadeira cara eu já não voto neles, imagina utilizando a imagem de um famoso, ai é que não voto mesmo… Assim fica bem mais fácil de eliminar.

Fonte: Exame