Olá,

Péssima notícia para os irmãos de Michael Jackson, que recentemente contestaram publicamente a veracidade do testamento deixado pelo cantor: depois de ser revisado pela Corte Superior de Los Angeles, o documento foi, mais uma vez, considerado verdadeiro e imutável.

Elaborado em 1995, com algumas pequenas alterações ao longo dos anos, o testamento deixado por Michael Jackson dá plenos poderes aos executores John Branca, Bert Mitchel e Jane Heller, além de determinar que 20% de todos os rendimentos post-mortem do cantor sejam doados para instituições de caridade.

Os valores restantes deverão ser divididos igualmente entre a mãe de Michael Jackson, Katherine, e os filhos dele. Já Joe Jackson, pai do cantor, deverá continuar sem receber nenhum centavo do lucrativo espólio e nem os irmãos.

Os irmãos e o pai de Michael Jackson, mais uma vez, sem chance!

Lyllyan

Fonte: Glamurana