Olá,

Janet Jackson não recuou.

O advogado da “Control” disse na sexta-feira que a cantora irá “prosseguir” com a sua batalha contra os co-executores da Propriedade de Michael Jackson apesar da publicidade negativa ter sido “implacável”.

SYDNEY, AUSTRALIA - NOVEMBER 05:  Janet Jackson performs live on stage at the Sydney Opera House on November 5, 2011 in Sydney, Australia.  (Photo by Ryan Pierse/Getty Images)

Em uma declaração em nome de Janet e dos irmãos Randy e Rebbie, o advogado Blair Brown reiterou a alegação de que os co-executores John Branca e John McClain nunca explicaram publicamente como Michael poderia ter assinado um testamento presencial em Los Angeles quando as evidências mostram que ele estava em Nova York, com o Rev. Al Sharpton no momento.

“Desde a perda de Michael, a principal preocupação Janet, Randy e Rebbie tem sido e continua a ser para a segurança e bem-estar dos filhos de Michael, sua mãe Katherine Jackson, e toda a família”, disse o comunicado. “Infelizmente, essas pessoas foram prejudicadas pelas ações dos co-executores do espólio de Michael.”

Depois desta confusão armada pelos irmãos do Michael Jackson, a minha decepção não poderia ter sido maior em relação a Janet Jackson, pois sempre acreditei que ela pensava e agia igualmente Michael, mas não, algo mudou.

Lyllyan

Lyllyan