Olá,

Todo mundo já escutou um dia que chocolate, amendoim, doces e pipoca causam espinhas. No entanto, segundo o hebiatra e médico chefe da Unidade de Adolescentes do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Benito Lourenço, não há evidências científicas que comprovem que a ingestão desses alimentos cause acne. 

 (Thinkstock

“O surgimento dos cravos e das espinhas são hormônio dependentes, ou seja, estão ligados à testosterona, que é o hormônio masculino”, explica Lourenço. No entanto, o médico recomenda que se for notado que determinado alimento piora o quadro de inflamação, que ele seja evitado. “Cada organismo tem uma individualidade e é por isso que faço essa recomendação. A relação direta entre o consumo de alimentos e espinhas ainda não foi encontrada e ainda precisa de mais pesquisas”, acrescenta.

De acordo Lourenço, novos estudos apresentados nos últimos congressos médicos indicam que a ingestão de alimentos com muito açúcar, como os doces e os refrigerantes, ou ricos em carboidratos simples, como é o caso dos alimentos que usam farinha branca em sua composição, podem estar relacionados com a piora da acne. Mas a suspeita ainda precisa de mais evidências científicas. “Não dá para condenar nenhum alimento. O ideal é que a alimentação seja equilibrada, com a ingestão adequada de carboidratos, proteínas e gorduras e também de água”, diz o hebiatra.

Mito ou não, mas todas às vezes que eu como os alimentos citados acima aparecem espinhas, e veja que não sou mais nenhuma adolescente… Rs

Fonte: Virgula