Olá,

Com toda essa comissão de frente, é praticamente impossível para Annie sair nas ruas sem ser notada, onde quer que vá, sempre há alguém olhando para ela. Pensando nisso, a mulher que vive em Atlanta, na Georgia, EUA, decidiu usar os super seios como ganha pão e tem feito filmes pornôs.

Cada seio de Annie pesa cerca de 39 quilos

Os vídeos estrelados por ela ficaram mundialmente famosos e, isso, faz com que ela seja ainda mais notada por onde passa. 

Segundo informações do “Daily Mail”, a mulher sofre de uma condição chamada gigantomastia, uma doença rara que faz com que os seios cresçam por toda a vida. Annie começou a usar sutiã quando tinha apenas dez anos e, por isso, sempre foi alvo de piadinhas na escola.

Hoje, aos 53 anos, suas costas já não são mais as mesmas, por tantos anos de peso. A modelo – que está estrelando um novo reality show, onde atende pelo nome de Norma Stitz – sente muitas dores e dormência, tanto nas costas como nos ombros quando fica em pé por muito tempo. Ela também tem problemas para dirigir, pois o sinto de segurança aperta demais os seios.

No entanto, ela garante que nunca teve vontade de reduzir as mamas.  “Por que consertar algo que não está quebrado?”, questiona ela. “Ninguém se parece comigo, sou uma em um milhão”.

Filmes pornôs? Decadente isto, não?! Eu já teria feito uma cirurgia.

Fonte: UOL