Olá,

No dia em que a morte de Ayrton Senna completa 18 anos, pilotos e ex-pilotos usaram o serviço de microblogs Twitter para homenagear o tricampeão de F-1.

Mas não foram só eles. Namorada de Senna na época do acidente, a apresentadora Adriane Galisteu postou uma foto com o ídolo brasileiro e a mensagem “Beco forever!”.

A apresentadora Adriane Galisteu postou em seu Twitter uma homenagem aos 18 anos da morte do ex-namorado, o piloto Ayrton Senna

Já o Corinthians, time do coração de Senna, aproveitou para soltar uma nota oficial agradecendo os feitos do piloto, onde afirmou: “No peito do piloto frio e corajoso, batia um coração corinthiano. Eternamente em nossos corações!”.

Site do Corinthians homenageia Ayrton Senna

EX-COLEGAS

O piloto Felipe Massa, da Ferrari, lembrou a data, dizendo que a mesma marcava “18 anos da morte do nosso maior ídolo“. Já Bruno Senna –sobrinho de Ayrton e que pilota para a Williams, equipe da qual o tricampeão fazia parte em 1994– disse que o tricampeão continuava inspirando-o a cada momento.

Já o bicampeão da F-1 e campeão da Indy Emerson Fittipaldi disse que Senna é um “ídolo para sempre” –expressão usada também por Tony Kanaan.

Estrangeiros também homenagearam o tricampeão. O inglês Martin Brundle, que foi rival do brasileiro na Fórmula 3, não só homenageou Senna como também colocou em sua conta uma foto dos dois na Inglaterra, na época em que disputavam o título da categoria.

Em seu perfil no Twitter, o ex-piloto Martin Brundle colocou uma foto dele com Senna

Os ex-pilotos de F1 Alexander Wurz e Nick Heidfeld também fizeram suas homenagens ao piloto –enquanto o austríaco perguntou “como podemos esquecer esse fim de semana”, referindo-se não só à morte de Senna, mas também ao do compatriota Roland Ratzenberger, no dia anterior, o alemão disse o brasileiro foi “uma inspiração para muitos, e uma pessoa que gostaria de ter conhecido pessoalmente”.

A equipe McLaren, pela qual o piloto conquistou seus títulos na F1, postou em sua conta no Twitter um vídeo com Senna testando um carro esportivo no circuito de Suzuka, no Japão –justamente onde o brasileiro sagrou-se campeão em 1988, 1990 e 1991, além de conquistar o vice em 1989.

Nossos domingo de Fórmula 1 nunca mais foram os mesmos sem Ayrton Senna. Sou sua fã para sempre!!! Saudades!!!

Fonte: Folha