Olá,

Dois famosos locutores de rádio de Los Angeles foram suspensos por chamar  Whitney Houston de “prostituta viciada” durante uma conversa ao vivo sobre a recente morte da cantora.

John Kobylt e Ken Chiampou (Divulgação/KFI-AM

John Kobylt e Ken Chiampou, âncoras de um programa na rádio KFI-AM, foram suspensos até 27 de fevereiro por fazer comentários ofensivos sobre Houston, que teve sua carreira foi arruinada por vícios em álcool e outras drogas.

Os locutores “foram suspensos por fazer comentários insensíveis e inapropriados sobre Whitney Houston. A gerência não aceita comentários desse tipo”, disse a rede de rádio em um comunicado oficial.

Durante uma discussão no ar sobre a morte da cantora no sábado (11), Kobyld rasgou: “Todos seus amigos e as pessoas com as quais saía, todo mundo tinha que lidar com ela. Era como ‘oh Deus, de novo essa prostituta viciada. O que ela vai fazer agora? Olha, está parando ao lado da piscina'”.

“Depois de um tempo, todo mundo se cansa e logo a encontraram morta. Ou seja, sério? Demorou tanto tempo?”. Citado no comunicado da rádio, Kobylt desculpou-se: “cometemos um erro e aceitamos a decisão da rádio. Usamos linguagem inapropriada e pedimos sinceras desculpas a nossos ouvintes e à família da senhora Houston”.

O funeral de Whitney, encontrada morta em um hotel em Los Angeles por motivos ainda desconhecidos, ocorrerá no dia de hoje (18) em uma igreja de Newark, nos Estados Unidos em cerimônia apenas para família e convidados.

Os profissionais da mídia não tem respeito por ninguém, nem pelos vivos e nem pelos mortos.

Fonte: Virgula